sexta-feira, 16 de dezembro de 2016

Entre no novo ano com o pé... na areia

O blogue do turismo do Algarve tem sempre as melhores propostas para si. Se na semana passada falámos sobre a quadra natalícia e demos-lhe a conhecer as melhores feiras e mercadinhos de natal, esta semana falamos sobre a Passagem de Ano e apresentamos-lhe os cartazes algarvios. 

Com uma temperatura tão amena como a que se faz sentir na região algarvia, as nossas sugestões são todas ao ar livre e quase todas na praia. Além disso são gratuitas. Uma coisa é certa: música, animação e fogo-de-artifício não vão faltar!

Fotos: D.A.M.A, UHF, Xutos & Pontapés, AUREA, Anjos

Monte gordo, Vila Real de Santo António, recebe na Avenida Marginal, como cabeça de cartaz o grupo Os Anjos. Um espetacular fogo-de-artifício às doze badaladas vai celebrar o novo ano e pela noite dentro vai poder divertir-se na tenda gigante. 

Na Praça da República, com vista para o Rio Gilão, a cidade de Tavira conta com a animação musical de Função Publika e, após a 00h00 e o fogo-de-artifício, com o som de DJ Fábio e DJ Draft.

A banda Íris e o grupo Gerações vão animar a passagem de ano em Olhão, que vai ter lugar no Jardim Pescador Olhanense.

Na capital algarvia, em Faro, a festa vai ser no Jardim Manuel Bívar com o concerto de Virgem Suta, seguido de um fantástico fogo-de-artifício. A partir da 01h00 o DJ Christian F assume o comando da noite mais longa do ano.

Como é habitual, a Passagem de Ano em Quarteira vai ter lugar na Praça do Mar e este ano conta com os UHF, a banda de rock portuguesa que conta com vários sucessos como “Cavalo de Corrida” e “Saravejo”.

Albufeira contará mais uma vez com um espetáculo para todos os gostos com muita cor e animação. A grande festa que será na conhecida Praia dos Pescadores inicia-se às 22h30 com o concerto de AUREA e termina às 00h00 com a entrada do novo ano e o espetáculo de pirotécnico. 2017 começará ao som dos D.A.M.A..

Na outra Praia dos Pescadores, em Armação de Pera (Silves) as boas vindas a 2017 também acontecem em grande, com Quinta do Bill, fogo-de-artifício e o DJ Paulo Abreu. 

No cais de Alcoutim a animação musical fica a cargo da banda Energie.

Esperamos por si no Algarve para entrar no novo ano com o pé direito (e na areia!).

Boas Festas!


sexta-feira, 9 de dezembro de 2016

Visitar a ‘esquina do mundo’



Não sabe o que é uma fam trip? Não é mais do que uma visita de familiarização com um destino turístico ou, neste caso, com um município. A iniciativa “Redescobrir os Segredos do Algarve” em Vila do Bispo foi isso mesmo: um grupo de operadores turísticos, jornalistas e entidades regionais embarcou numa viagem em direção ao fim do mundo conhecido pelo homem na Antiguidade e percorreu a história de um concelho algarvio que também integra a Rota dos Omíadas no Algarve, o itinerário turístico-cultural dedicado à dinastia árabe que há mil anos dominava o Mediterrâneo.


A fam trip “Redescobrir os Segredos do Algarve” em Vila do Bispo foi, assim, um desafio dois-em-um, que levou os visitantes num fascinante passeio pelas maravilhas menos conhecidas da região mais sudoeste de Portugal e uma das mais importantes esquinas do mundo. E o que não faltaram foram achados, segredos que estavam mais ou menos escondidos e que agora nos foram revelados…

O grupo da fam trip

A Lota dos Percebes
Este espaço único no mundo (dizemos nós), é conhecido localmente por Lota dos Percebes. Trata-se do velho mercado e matadouro municipal, e agora acolhe o Centro de Interpretação de Vila do Bispo. Onde mais imaginam que existe uma lota dedicada ao percebe?

O Menir do Padrão
Esta marca do homem pré-histórico na paisagem da Raposeira tem alguns milhares de anos – parece que são mais de 6000 anos –, fazendo deste monumento megalítico (um dos mais de 250 conhecidos em Vila do bispo) um dos mais antigos do mundo. Não é um segredo fantástico?

Menir do Padrão

Vale de Boi
Ora, por falar em arqueologia, ficámos a saber que o mais antigo sítio habitado de todo o sul peninsular também fica nestes lados: há 33 mil anos que o homem vive em Vale de Boi!

Boca do Rio
Além de todo o valor natural e cultural do local, descobrimos um segredo que nos é muito caro, ou não estivéssemos no Algarve, eleito o Melhor Destino de Praia da Europa de 2016 nos óscares do turismo mundial. Então não é que havia gente a fazer praia na Boca do Rio em pleno mês de dezembro?

Praia da Boca do Rio

Ruínas debaixo do farol
Mais uma curiosidade que nos surpreendeu: debaixo do farol do cabo de São Vicente encontram-se umas ruínas ainda por explorar, mas que se pensa possam ser da mítica Ermida dos Corvos, templo construído ali mesmo, no fim do mundo mediterrâneo, em honra de São Vicente. Diz que são um pouco assustadoras, mas só de noite…

O farol tem um pólo museológico

Os cromados

"Não toquem nos cromados", avisa o Faroleiro

Pôr do sol no cabo sagrado
Por fim, o convite para apreciar o mágico pôr do sol no cabo de São Vicente, poeticamente descrito por autores clássicos, mas que hoje ainda move uma singular romaria que converge para esta extremidade da Europa, onde todos os dias algumas centenas de pessoas se juntam para assistir ao fenómeno celeste, aplaudindo o momento em que o astro rei se extingue no mar.

Farol do cabo de São Vicente


E ainda: um novo museu
Este segredo está quase a ser tornado público: Vila do Bispo vai ter um novo museu municipal nos antigos Celeiros da vila.


A rota dos Omíadas no Algarve

A Rota Omíada divulga a relação humana, cultural, artística e cientifica entre o Ocidente e o Oriente e a forma como o conhecimento foi transmitido na Europa pelo povo al-Andalus.

Dos múltiplos contactos feitos, ficou para a história o contexto artístico e cultural comum e a história e herança partilhadas – é precisamente esta a razão de ser destas rotas, que estabelecem vínculos e fortalecem as relações entre os diferentes povos que estão unidos por um passado comum.

A Rota Omíada retrata parte da história que sucede à dinastia fundada por Muawiya ibn Abi Sufian, desde a sua capital situada em Damasco e subsequente expansão para sul pela costa do Mediterrâneo até à Península Ibérica.

A Rota tem início no antigo Oriente Próximo, atravessando depois o Mediterrâneo até chegar ao Norte de África. Segue o percurso da civilização árabe ao entrar na Europa, e que viria a dar origem ao Califado de Córdova, onde a civilização hispano-muçulmana prosperou durante vários séculos. O itinerário tem início no ponto mais oriental da Jordânia e no Líbano, passando pelo Egito e pela Tunísia, com um ponto de paragem na Sicília, e terminando na Península Ibérica (Espanha e Algarve, em Portugal).

O domínio omíada no mediterrâneo e no Algarve correspondeu a um período importante de prosperidade económica e cultural que influenciou, para sempre, a cultura dos portugueses.


Mais informação: http://umayyad.eu

sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

4 propostas que vão dinanimar a sua quadra natalícia

As ruas iluminam-se, as pessoas ficam mais bem dispostas e as cidades ganha outra vida. É oficial: chegou a época natalícia! Como tal, o nosso blogue não podia deixar escapar a oportunidade de partilhar consigo algumas sugestões. Se ainda não marcou o jantar de Natal e não sabe o que o Algarve preparou para si nesta quadra, fazemos quatro propostas que temos a certeza de que vai gostar.

A Lyrical White Christmas Medley
Orquestra de Jazz do Algarve com o tenor Carlos Guilherme

Um grande concerto só podia ter a marca do programa cultural «365 Algarve»! A Orquestra de Jazz do Algarve e Carlos Guilherme, considerado o maior tenor português, trazem uma série de concertos que conjugam o jazz e o canto lírico e são especialmente dedicados à quadra natalícia. Fique atento à página 365 Algarve e pode ser que seja o vencedor de uma agradável surpresa que vamos preparar para si... E mais não dizemos! 

09 de dezembro | 21h30 | Auditório Municipal de Lagoa
10 de dezembro | 21h30 | Espaço Guadiana, Alcoutim
11 de dezembro | 21h30 | Igreja Matriz de Monchique




Mercado de Natal Vila Vita Biergarten

Este ano o Vila Vita Parc envolve famílias e amigos na magia do Natal com o primeiro mercadinho de Natal, que se realizará nos três primeiros fins de semana de dezembro (dias 3 e 4, 10 e 11, 17 e 18) das 13h00 às 20h00. Deliciosas iguarias, vinhos, artesanato, prendas, workshops, e muito mais, esperam por si no cenário encantador do Biergarten, em Porches (Lagoa). A entrada é gratuita.


Foto: Vila Vita


Presépio Gigante de Vila Real de Santo António 

Afirmando-se como um dos maiores presépios do país e o maior do Algarve, o presépio gigante de Vila Real de Santo António este ano integra na sua constituição 4500 figuras. Uma construção que começa a ser construída com quase um ano de antecedência e que, este ano, para surpreender os milhares de visitantes, conta com muitas peças novas, onde se destacam diversas casas e até um porto de pesca. A recriação de muitos episódios cristãos e pagãos associados à quadra natalícia são outros dos atrativos. As entradas têm um valor simbólico de 0,50€ e revertem a favor do Centro de Acolhimento Temporário «Gente Pequena» da Santa Casa da Misericórdia de Vila Real de Santo António. 

Diariamente, até 08 de janeiro de 2017 | 10h-13h e 14h30-19h00 | Centro Cultural António Aleixo


Foto: CM VRSA


Presépios Vivos no Natal de Castro Marim

Presépios que reunem mais de 50 figurantes a trabalhar na recriação do nascimento de Jesus. Além do presépio em si, os visitantes podem contar com atividades para todas as faixas etárias: passeios de burro, jogos tradicionais, ateliers, música, dança, teatros, malabaristas e cuspidores de fogo, entre outros. 

De 08 a 11 de dezembro | Odeleite
De 15 a 18 de dezembro | Castelo de Castro Marim

Imagem: CM Castro Marim

São propostas para todos os gostos e para todas as idades que vai gostar de experienciar. Resta-nos desejar-vos um excelente mês e um feliz Natal! 

segunda-feira, 28 de novembro de 2016

Fazer a ponte com o "365 Algarve"

A primeira semana de dezembro não podia começar melhor! Um feriado à quinta-feira é uma excelente oportunidade para um fim de semana prolongado e para rumar a Sul. Além de tudo o mais que pode fazer, o programa cultural "365 Algarve" oferece um conjunto de eventos únicos que vão animar os seus dias de descanso.


  • Música
Noberto Lobo (Concertos ao Entardecer) 

Deixe-se transportar até uma atmosfera sublime e mágica através da música de Norberto Lobo, uma das figuras míticas da música portuguesa que já conta com seis álbuns editados. Um "Concerto ao Entardecer" que acontece na sexta-feira, dia 2, às 18h30, no Hostel 1878, em Faro. A entrada é livre e o consumo obrigatório. 



Quarteto Vintage & Luís Arrigo (Volta ao mundo em 40 minutos)

Em Lagoa, o auditório municipal apresenta o Quarteto Vintage juntamente com Luís Arrigo. O que acontece quando quatro clarinetistas e um percussionista se juntam? A resposta a esta dúvida pode ser desfeita no sábado, dia 3, a partir das 17h00. E fique atento à página do 365 Algarve no Facebook, porque pode ser o vencedor de um passatempo prestes a estrear que vai oferecer convites para o evento.

Foto: Arte do Sul


  • Ópera
O Universo de Henry Purcell

Os excertos de uma das mais emblemáticas óperas europeias estão de regresso em versão concerto pela Academia de Música de Lagos. O Universo de Henry Purcell conta-nos a trágica e apaixonante história de amor entre Dido, rainha viúva de Cartago, e Eneias, um príncipe que escapou à destruição de Tróia. Não perca, no dia 2 em Loulé, no Auditório do INUAF, às 21h30. 

Foto: Academia de Música de Lagos


   . Teatro
Peep & Eat (Espreitar e Comer), Companhia Laika (Bélgica)

Inserido no projeto LAVRAR o MAR, As Artes no Alto da Serra e na Costa Vicentina, a companhia Laika, que se estreou em Portugal no mês passado, regressa em dezembro num espetáculo que pede aos espetadores que se deixem desafiar pelos pratos que surgem à mesa e que convocam tradições locais. Conheça esta iniciativa de 1 a 4 de dezembro, às 20h00, na Escola Básica 2+3 de Mochique.





  • Animação de Património

Faro Desvendado

Prepare-se para viajar no tempo: Fado Desvendado propõe que recuar até ao séc. VIII a.C. e conhecer Ossónoba (Faro) numa viagem às origens e à diversidade cultural que esteve na base da formação da cidade, marcada por vestígios romanos, bizantinos e visigodos. Deve fazer a sua marcação prévia através do e-mail faro.desvendado@gmail.com. 


Foto: Faro Desvendado


  • Artes Visuais
Paisagens Condutoras

Começou em novembro mas prolonga-se até dia 31 de dezembro no Centro Interpretativo de Vila do Bispo. "Paisagens Condutoras" é uma exposição construída em três atos que surge na consequência de um conjunto de ações performativas e gastronómicas desenvolvidas por Jorge Rocha, entre 2013 e 2015, em vários espaços. 



Outdoor, Jovens Criadores do Algarve

Como o próprio nome indica, os artistas algarvios vão ocupar os painéis publicitários em lugares de destaque de vários concelhos do Algarve, com o intuito de reforçar a importância da acessibilidade à arte contemporânea. Já sabe: de 3 de dezembro a 28 de fevereiro fique atento aos outdoors da via pública em Faro, Lagos, Alcoutim e Loulé.




De uma ponta a outra da região, desfrute de um programa completo e variado, com apresentações de música, ópera, teatro, animação de património e artes visuais, tudo concentrado num fim de semana prolongado que é o pretexto ideal para uma escapadinha ao Algarve.

sexta-feira, 18 de novembro de 2016

10 restaurantes de tapas no Algarve para conhecer

Do barlavento ao sotavento algarvio trazemos-lhe 10 restaurantes de tapas (e não só) que consideramos estarem entre os melhores da região. De uma ponta à outra, tem várias escolhas mas se puder conheça todos, porque apesar de terem a mesma especialidade são todos muito diferentes. Preparado(a) para descobrir quais são? Vamos a isso. 


Sabor’Arte, Aljezur



Foto: Sabor'Arte


Criado por jovens de Aljezur, com o objetivo de reconhecer a potencialidade e valor da sua terra natal e atrair quem por lá passa a provar umas tapas saborosas e muito bem apresentadas num ambiente descontraído e profissional. Além do menu, tem sempre a “tapa da semana” que vai variando e encantando os seus clientes. Que tal um passeio pela costa vicentina e terminar (ou começar) no Sabor’Arte?!


O Marafado, Lagos

Foto: O Marafado

Situado em Lagos a 2 minutos de carro do centro, O Marafado, deslumbra os seus clientes com a paisagem circundante do campo e de Monchique e ainda a vista para o mar e para a marina de Lagos, além das tapas, que são tradicionais e muito boas. Ao contrário dos muitos outros restaurantes que aqui mostramos, está aberto desde abril de 1979.


Gastrobar 13, Portimão



Foto: Gastrobar 13

O Gastrobar 13 oferece um menu de tapas únicas para partilhar com os amigos. Este é o sítio onde pode ir quer seja para jantar, para petiscar fora de horas, para beber um cocktail ou até para beber um chá acompanhado por uns scones. Além disso, realiza eventos gastronómicos e culturais, dos quais se destacam a música ao vivo, do fado ao jazz, com a colaboração de grandes músicos nacionais e internacionais, num ambiente descontraído.


Tapas no Bucho, Lagoa



Foto: Tapas no Bucho

Surgiu este ano, em fevereiro, mas já é considerado um dos melhores restaurantes de tapas do Algarve com uma pontuação bastante elevada. O Tapas no Bucho é um espaço dedicado às tapas e ao vinho, onde pode encontrar vinhos, na sua maioria, do Algarve, produtos regionais e provar diferentes petiscos. A ideia é que os vinhos expostos na garrafeira, para compra, sejam também consumidos no restaurante por apenas mais 2,5€ (valor do serviço).


Aperitivo Bar, Faro



Foto: Aperitivo Bar

É relativamente recente e o conceito do Aperitivo Bar, - dos mesmo donos do Colombus Cocktail & Wine Bar, situado na baixa de Faro, é único. Aqui, entre as 18h00 e as 20h00, pode servir o seu prato com o que quiser e só paga a sua bebida. Quer comer mais? Então peça mais uma bebida e petisque à vontade. Os aperitivos são de “comer e chorar por mais”!


Mezzanine Bar & Vinoteca, Faro


Foto: Mezzanine

Situado na Rua de Santo António, em Faro, num edifício com mais de 200 anos de existência, entramos o Mezzanine, um bar & vinoteca, como não encontra em mais nenhuma parte. A decoração é clean e de muito bom gosto, o espaço é grande, tem uma esplanada na calçada portuguesa, espaço lá dentro e ainda uma esplanada exterior num pátio. Além disso, e o mais importante, são as ótimas tapas que servem, que só de olhar já fica cheio de vontade de provar.


O Bioco, Olhão



Foto: Sara Viegas

O Bioco, fica numa das típicas ruas olhanenses, por entre casinhas onde os seus habitantes ainda deixam as portas abertas e muitas das vezes levam a cadeira para a porta de casa e sentam-se, de conversa com os vizinhos. A sua localização não poderia representar melhor o conceito d’O Bioco – Casa de Pasto, que tem como lema “Mais amor por favor”. Esta é uma frase que podemos encontrar por toda a parte no restaurante, que mal entramos sentimo-nos logo em casa. Quanto às suas tapas, acredite que depois de provar não vai querer mais nada. Sugerimos-lhe que prove as tiras de choco panadas, os ovos rotos à tacho e um ótimo chévre com mel. Também têm a "tapa da semana"!


Terra i Mar, Olhão



Foto: Terra i Mar

Quatro amigos de infância juntaram-se, em abril de 2014, e criaram o Terra i Mar. A decoração é criativa, tendo até barris a fazer de mesas na sua esplanada, e na altura foi uma novidade em olhão. Um espaço novo e diferente que rapidamente se tornou num local de paragem, para comer (bem) ou apenas para beber um copo acompanhado de algum petisco, não só pelos habitantes mas também por estrangeiros. Não serve só tapas, mas também pratos. Aqui podem encontrar sempre marisco e peixe fresco, não fossem os donos familiares de pescadores! 


D’Gusta, Tavira


Foto: Público

Este é o sítio perfeito para d’gustar umas boas tapas. O restaurante no seu interior está muito bem decorado, com o menu escrito num grande quadro de ardósia e a esplanada exterior é fantástica e presenteia-nos com uma bela vista para o Rio Gilão. Entre as variadas tapas sugerimos-lhe que prove os camarões fritos com gengibre e o fondue de queijo brie. Para terminar, aconselhamos-lhe que serve espaço para as sobremesas que são divinais!


Taberna da Belinha, Vila Real de Santo António

Foto: Apontamentos Gastronómicos

Fica em Monte Gordo, Vila Real de Santo António, e é uma taberna moderna e, apesar de pequena, muito gira. As doses são bem servidas e bastante saborosas. Experimente ir com um pequeno grupo e pedir várias tapas para irem provando, pode optar pelo queijo de cabra fresco com doce de figo, pelo pica-pau, a alheira com ovos mexidos e ainda, as gambas ao alhinho.


Como vê, não lhe faltam (boas) sugestões. Esperemos que goste das nossas escolhas e que desfrute de bons momentos.  

Texto: Sara Viegas

quarta-feira, 16 de novembro de 2016

Chuva de prémios para o Algarve


O Algarve não pára de surpreender e os prémios internacionais continuam a reconhecer o valor do destino.


Os vencedores do Annual World Luxury Hotel Awards já são conhecidos e mais três prémios distinguiram os hotéis algarvios: a nível internacional, a unidade hoteleira do Pine Cliffts Hotel na categoria Luxury Golf Resort; nacionalmente, foi a vez de Dunas Douradas Beach Club na categoria Luxury Villa Resort e do EPIC SANA Algarve na categoria Best Hotel Website.

Vila Joya foi considerado o Melhor Hotel Culinário da Europa e o Melhor Hotel Culinário do Mundo, nos The World Boutique Hotel Awards entre os Boutique Hoteís de Luxo a nível global. O restaurante de Vila Joya está a cargo do chef Dieter Koschina, dono de duas estrelas Michelin

Para terminar em grande, o Golfe também foi premiado nos World Golf Awards, com a eleição de Portugal pela terceira vez como Melhor Destino de Golfe do Mundo e de Quinta do Lago pela segunda vez consecutiva Melhor Venue de Golfe da Europa. 

Muitos parabéns a todos!

Foto: Pine Cliffts Hotel
Texto: Sara Viegas

quinta-feira, 10 de novembro de 2016

(Re)descobrir o Promontório de Sagres

© DRCALG / Fotografia: João Pedro Costa


"Acaba de chegar ao limite Sudoeste da Europa, onde a terra acaba e o mar começa, a finisterra dos textos da Antiguidade, mergulhada no mistério das incertezas oceânicas. O extremo do mundo para Gregos e Romanos, a partir do qual a navegação se tornava particularmente perigosa"...

É assim que abre o novo sítio promocional do Promontório de Sagres na Internet, abrindo também ao mundo as portas do antigo Promunturium Sacrum, desde há muito um lugar místico para os mareantes, rico em testemunhos históricos e distinguido com a Marca do Património Europeu e como Lugar de Globalização.

Com um simples clique vai poder descobrir os seus segredos e explorar a sua beleza sem fim, que se estende à fauna e flora, ou assistir à estreia mundial do filme promocional “À descoberta do Promontório de Sagres”.

Que comece a viagem!




sexta-feira, 4 de novembro de 2016

6 castelos para visitar no Algarve

O Algarve é terra de praias de areia dourada e águas cristalinas, mas também de antigos reinos e castelos medievais. Durante séculos, romanos, fenícios, muçulmanos e cristãos foram cativados pela beleza do Algarve e pela sua posição geográfica privilegiada, o que levou a que se instalassem na região, deixando uma importante herança cultural que faz parte do ser algarvio. As fortalezas são vestígios do rico passado cultural do Algarve, vamos descobri-las?

Castelo de Silves


O Castelo de Silves está classificado como Monumento Nacional. É o maior e mais importante do Algarve e o segundo monumento mais visitado, após a Fortaleza de Sagres. Construído pelos árabes no século XI, reflete o esplendor da civilização islâmica na época e a importância que tinha no Algarve no seu território. Situa-se no ponto mais alto da cidade de Silves e é considerado o castelo mouro melhor preservado do país. O forte pode ser visitado e pode ainda caminhar pelas suas largas paredes de arenito. O Castelo oferece amplas vistas sobre o vale do Arade e a cidade de Silves.

Castelo de Castro Marim


Construído no século XIII, durante o reinado de D. Dínis, é considerado um dos mais significativos monumentos da Idade Média na região. Encontra-se integrado na Reserva Natural do Sapal de Castro Marim e Vila Real de Santo António onde se pode desfrutar de uma deslumbrante vista panorâmica sobre o rio, o sapal, a serra, as salinas e as praias do litoral. Todos os anos, no Castelo de Castro Marim, decorre a feira medieval que deve visitar pelo menos uma vez.

Castelo de Lagos


A sua construção começou no tempo dos romanos, embora tenha sido com a conquista muçulmana que foi ampliado e reforçado. Até 1755, foi a Casa dos Governadores do Algarve, data em que foi afetado por pelo tsumani que se seguiu ao grande terramoto. Após a sua reconstrução, foi reconhecido como Monumento Nacional.

Castelo de Paderne


É um dos sete castelos representados na bandeira de Portugal. Construído na segunda metade do século XII, durante a ocupação árabe, o Castelo de Paderne, no concelho de Albufeira, é um dos exemplos mais significativo da arquitectura militar muçulmana na Península Ibérica. É considerado Monumento Nacional desde 1971. Esta fortaleza tem a distinção de ter sido construída em taipa no período almóada, durante a última fase da ocupação muçulmana da península Ibérica.

Castelo de Loulé


A origem do Castelo de Loulé remonta à antiga cidade medieval, Al'-Ulya, fundada pelos muçulmanos durante o século VIII. Em 1249, após a reconquista de D. Afonso III, o castelo mouro foi reconstruído e Loulé tornou-se parte da coroa portuguesa, como um dos principais centros mercantis do Algarve medieval.

Forte de São João de Arade


Localizado em Ferragudo, o Forte São João de Arade ergue-se sobre duas praias, a praia da Angrinha e a praia Grande, dominando a paisagem da foz do rio Arade. Construído sobre uma rocha sólida, é um dos poucos castelos que não foram destruídos durante o terramoto de 1755. Encontra-se bem preservado, com um amplo jardim muralhado. Comporta ainda uma ampla residência com vários conjuntos de muralhas ameadas, em diversos planos.


Tais como estes, o Algarve esconde outros locais que merecem a sua visita. Esperamos por si!

Edição: Sara Viegas
Fotos: Hélio Ramos/Arquivo RTA