quinta-feira, 21 de outubro de 2010

A Medalha do Investidor


Por Jorge Felner da Costa
[Ex-Director de Centros de Turismo de Portugal em Londres, Paris, Nova-Iorque, entre outros.]

Nos anos 80 em Londres, no mandato do Secretário de Estado do Turismo, Nandim de Carvalho, em plena campanha de relançamento do Algarve como destino turístico ideal para desportistas, ressurgia o interesse dos investidores em projectos parados devido às consequências do 25 de Abril, nomeadamente nos grandes resorts como Vilamoura, Vale do Lobo e Quinta do Lago.

Um deles, um tal John Beri, apresentou um plano para um projecto de grande qualidade, no valor de 1 milhão de libras e destinado a uma classe alta do mercado britânico.
Apoiado pelas autoridades portuguesas, o projecto foi divulgado com grande publicidade tanto no nosso país como no Reino Unido.
A fim de o apresentar às melhores classes deste sofisticado mercado, foi organizada uma recepção para a qual foram convidados de honra os Duques de Kent e o Secretário de Estado Nandim de Carvalho, que para o efeito se deslocou a Londres.

Na véspera da cerimónia, nos excelentes escritórios do Centro de Turismo de Portugal, em plena New Bond St, no coração de Mayfair, no mesmo local onde se encontra hoje a elegante loja Ralph Lauren, o Secretário de Estado do Turismo constatou a inexistência de qualquer peça que possibilitasse a realização de uma homenagem especial ou reconhecimento aos investidores e decidiu criar ali mesmo um “Diploma de Honra” e uma “Medalha de Mérito do Investidor”, a fim de os poder entregar durante a cerimónia do dia seguinte.

De imediato foi incumbido o nosso colaborador Jorge de Paiva Raposo, responsável pela campanha publicitária do Sportugal, de criar um diploma apropriado e vistoso, sendo-me pedido a mim que inventasse ou descobrisse uma medalha para entregar ao John Beri.
Na ausência de qualquer alternativa e por falta de tempo para solicitar alguma ajuda a Lisboa, entreguei uma bonita e antiga medalha do extinto SNI -Secretariado Nacional de Informação, onde se mandou gravar as palavras “Mérito do Investidor”.
E lá partimos com os diploma e medalha forjados, satisfeitos por conseguir uma solução para impressionar o próprio John Beri, assim como a assistência e a imprensa presentes.

Claro que a bela medalha de mérito foi o único exemplar desta “trapalhada”, mas a satisfação do SET em poder representar a encenação foi justificação suficiente para que o assunto ficasse devidamente “congelado”, como prometido, durante 30 anos.
Mas que foi verdade, isso garanto que foi.
Quinta do Lago

1 comentário:

  1. I am looking for Jorge Raposo. Please ask him to contact Jane Gordon at JaneGordon@aol.com.

    Thank you,
    Jane

    ResponderEliminar