segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

A praia cor-de-rosa


Por Maria João Arcanjo
[Técnica de Turismo - Praia da Rocha]

Esta história aconteceu-me quando comecei a trabalhar no Posto de Turismo da Praia da Rocha, em meados da década de 80. Era então muito jovem e inexperiente. Depois de alguns dias em que trabalhei acompanhada por uma colega que me orientava e me apoiava no atendimento aos turistas, calhou-me finalmente ficar de serviço sozinha.

Estava pois, pela primeira vez, por minha conta e risco quando entrou no Posto de Turismo um casal francês que queria visitar a Praia Cor-de-Rosa. Ora por muito que eu fizesse a revisão mental dos locais de interesse do Algarve e me esforçasse por me lembrar do nome das praias da região, não conseguia imaginar onde pudesse existir essa tal praia.
Já a ficar nervosa por não conseguir responder à solicitação dos clientes, telefonei, aflita, para a minha colega que nesse dia se encontrava de folga.
Ela tranquilizou-me logo afirmando que de facto não existia no Algarve qualquer praia com esse nome.
Voltei a encarar o meu casal de turistas e expliquei-lhes que não existia tal praia. Mas eles insistiram:
“Não é o nome da praia. É mesmo a praia que é toda cor-de-rosa. Tem a areia cor-de-rosa, rochas cor-de-rosa…”
E eu, novamente a perder a confiança em mim própria, lá lhes fui perguntando:
“Mas onde é que os senhores obtiveram essa indicação? Têm a certeza de que é no Algarve?”
E eles que sim, que tinham até visto uma fotografia dessa praia num guia turístico.
“E os senhores ainda têm esse guia?” voltei a perguntar.
“Sim, sim. Temos lá no hotel”.
Lá combinámos então que eles voltariam ao Posto de Turismo com o dito guia turístico, para eu poder identificar a praia e os encaminhar devidamente.

Um pouco mais tarde, regressaram com o”bendito” guia. Pude então verificar que se tratava de um recanto da Praia da Rocha. Só que aquela página do guia tinha, por qualquer motivo insondável, sofrido um problema de impressão e a imagem da praia estava toda rosada.
Consegui explicar ao casal de franceses que se tratava apenas de um problema gráfico e que, por muito curiosa que fosse a existência de uma praia toda cor-de-rosa, em nada ficariam desapontados depois de desfrutarem da beleza multicolor da Praia da Rocha.

E, ao que sei, não ficaram.



Praia da Rocha

Sem comentários:

Enviar um comentário