sexta-feira, 25 de março de 2011

Monte da Casteleja

Pelas palavras de Maria Leroux, do Monte da Casteleja, damos hoje a conhecer mais alguns excelentes vinhos do Algarve. Provem e digam se não temos razão.


Cada vez mais comprometido com a sustentabilidade e a biodiversidade da região algarvia, o Monte da Casteleja em Lagos, encontra-se no seu último ano de conversão para modo de produção biológico.
A vindima de 2011 terá já a estampa de vinho produzido a partir de uvas biológicas.

Actualmente a quinta comercializa duas marcas de vinho:

- MONTE DA CASTELEJA - Tinto, Branco e Rosé.
- MARIA SELECTION – Tinto

E prepara-se para lançar uma terceira marca, ainda antes do verão 2011.
Está no mercado competitivo dos vinhos, apostando na qualidade e na preservação das castas regionais portuguesas, produzindo lotes de pequenas quantidades, com características únicas como a fruta e a frescura, a elegância e a complexidade.

Os seus vinhos são reflexo dessa postura, sendo o Maria Selection Tinto 2007 o único vinho do Algarve seleccionado pela jornalista inglesa Sarah Ahmed, eleita pela Association of Portuguese Wine Importers (APWI) para nomear os 50 melhores vinhos Portugueses em 2010.
Sarah Ahmed diz sobre este vinho: "Maria Selection 2007 – the more fruit forward of the reds, made from Alfrocheiro and Bastardo it has an attractive floral nose and palate with wild, bright cherry and pomegranate and subtle spice underscored by pithy tannins. Put me in mind of Conceito’s Bastardo from the Douro with its combination of intensity and delicacy."

Sabendo que a longa caminhada do “métier de Vigneron” está também na responsabilidade de preservar e melhorar o seu “terroir”, faz com o seu proprietário, o enólogo Guillaume Leroux trabalhe dedicadamente a vinha, com modos de condução e poda especiais, práticas de adubação verde e controlo de infestantes sem recurso a herbicidas e prevenção e tratamento de pragas com aplicação de produtos ecológicos e naturais.


Na adega, a pisa a pé e o envelhecimento em tonéis faz com que os vinhos que daí resultam sejam intensos e delicados com a mais-valia de também serem saudáveis e ecologicamente responsáveis.

Se quiser saber mais…ligue para marcar uma prova e passe por cá. Terei muito prazer em falar- lhe do projecto que ambos iniciámos, que já tem mais de 10 anos e que nos preenche e motiva todos os dias.








Por Maria Leroux

1 comentário:

  1. Estou copiando e divulgando no Brasil através do meu blog!
    www.euniceespinolaindica.blogspot.com

    ResponderEliminar