segunda-feira, 21 de março de 2011

Uma salada por inventar

Mesmo com azares à mistura, a Fátima Catarina conseguiu inventar uma salada de xerém que nos está a deixar com a água na boca. Que tal experimentarem?

Parte I

Gosto dos sabores do Algarve.
Pensei em reunir vários ingredientes algarvios para inventar uma salada com sabores especiais da minha terra.
Fui à casa da minha mãe e pedi-lhe sugestões…
Ela tinha feito no dia anterior umas papas de milho (xerém) que estavam já com uma consistência mais rija e tinha lá uns ovos caseiros que a minha tia lhe tinha dado.
Coloquei água numa pequena panela e pus os ovos a cozer.
Enquanto os ovos coziam, como tinha um trabalho a fazer no computador, aproveitei o tempo e fui à Internet.
O tempo passou… passou… e eu fui ficando profundamente embrenhada nesse trabalho.
De repente ouviu-se um estrondo! O que seria? Estariam a arrombar-me a porta? Estaria algum assaltante em casa? O meu coração disparou!
Mal saí do meu escritório, apercebi-me de um cheiro intenso! Lembrei-me que tinha posto ovos a cozer!!! Entrei na cozinha…
Onde estavam os ovos? Havia pedaços de ovos no tecto, nas paredes, no chão…
Bem…o que posso dizer?
Nesse dia desisti da receita…


Parte II

Dias depois do meu desastre culinário, resolvi voltar a confeccionar a minha salada…
Juntei os ingredientes todos num prato: os ovos já cozidos e sem explosões, laranja aos bocados, xerém cortado aos cubos, orégãos, camarões previamente cozidos, tomates, grânulos de amêndoa e alface cortada em tiras bem fininhas.
Temperei com azeite e sumo de laranja e… senti-me uma verdadeira Chef.






Por Fátima Catarina

1 comentário:

  1. Parabéns Fátima, logo que possa vou experimentar, deve ser deliciosa!

    Obrigada!
    Maria do Céu Caldeira Moreira

    ResponderEliminar