terça-feira, 5 de abril de 2011

Arroz de polvo da Ria Formosa

Hoje falamos de polvo, mais concretamente do polvo que se apanha na Ria Formosa com os tradicionais alcatruzes, uns potes de barro que funcionam como armadilhas para este tipo de cefalópode. No Algarve há uma grande variedade de receitas de polvo.
A Cláudia Ruivinho partilha connosco o seu arroz de polvo da Ria Formosa.



Receita para 4 pessoas

INGREDIENTES


2 chávenas de chá de arroz

2 cebolas médias

3 tomates maduros

1 polvo com aproximadamente 1,250 kg

1 folha de louro

Azeite q.b.

Sal marinho q.b.

Coentros q.b.

Pimenta moída na hora


PREPARAÇÃO


Cozer o polvo previamente congelado (o que ajuda a que fique mais macio), numa panela de pressão. Para isso coloca-se na panela um pouco de água, 1 cebola com casca e uma rolha de cortiça (os taninos da cortiça ajudam a amolecer as fibras do polvo). Quando levantar fervura mergulhar e retirar o polvo duas vezes antes de o colocar definitivamente na água e temperar com um pouco de sal. Fechar então a panela e cozer em pressão média durante pelo menos 20 minutos. No final retirar a cebola e o polvo e reservar a água de cozedura.

Num tacho grande, refogar em azeite uma cebola partida em cubos, o tomate pelado e sem grainhas e a folha de louro. Quando estiver tudo bem cozinhado, moer um pouco de pimenta e juntar o arroz para fritar ligeiramente no refogado. Juntar cinco chávenas de água da cozedura do polvo e após levantar fervura rectificar o tempero.

Partir o polvo em pedaços e juntar, com os coentros picados, ao arroz antes de desligar o lume. Servir de imediato e temperar a gosto com umas gotas de vinagre de vinho.

Acompanhar com uma salada de alface e cebola doce.


Bom apetite!




Por Cláudia Ruivinho

Sem comentários:

Enviar um comentário