sexta-feira, 30 de setembro de 2011

Praia do Carvoeiro

Hoje folheamos este pequeno guia da Praia do Carvoeiro, uma edição dos anos 1950 (?) que enaltece as belezas naturais do local e as vantagens que os banhos de mar e de sol representam para a saúde.




quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Algarve, the traveler's paradise

Teve as suas primeiras edições no final da década de 60 e a partir de 1972 passou a ser anualmente patrocinado pela Comissão Regional de Turismo do Algarve que o adotou como guia turístico para distribuição gratuita no âmbito das suas atividades promocionais. A publicação “Algarve: the traveler’s paradise”, da responsabilidade de Frank Cook, apresentava-se com uma dedicatória do seu autor à “população do Algarve e à sua comunidade empresarial, que pelas suas muitas qualidades, merecia todo o apoio na divulgação da região ao mundo das viagens e turismo”.

Deixamos aqui a imagem da sua edição de 1971 e ainda, por curiosidade, uma tabela dos preços que então se praticavam na hotelaria. Naquela época podia-se encontrar alojamento entre os 80$00 (0,40€) e os 830$00 (4,14€) por noite para duas pessoas. Em regime de pensão completa os preços variavam entre os 200$00 (1€) e os 1 430$00 (7,13€).






quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Comboio Aventura Centenário do Turismo

Já reservou o seu lugar neste comboio?





No próximo dia 1 de outubro (Dia Nacional da Água), vamos ao encontro das águas do sul, no Comboio Aventura.

Com partida de Lagos ou de Vila Real de Santo António, nos comboios do Serviço Regional do Algarve, e com encontro na estação ferroviária de Faro, partimos para uma viagem pela história e pela natureza. A iniciativa inclui, a partir das 11 h48: Visita Cultural - Almoço - Passeio de barco tradicional pelos canais da Ria Formosa (2 horas) - Regresso à estação ferroviária de Faro.

Este programa é uma parceria com a CP – Comboios de Portugal – EPE e a Formosamar, contando com o apoio da Câmara Municipal de Faro e do Turismo do Algarve.

O Algarve não é só verão! De Vila Real de Santo António ou de Lagos participe e adquira o seu bilhete com desconto em: http://www.cp.pt/

Albufeira de noite


Albufeira, que a partir dos anos 1960 se tornou numa das estâncias balneares algarvias mais “badaladas”, muito por culpa dos britânicos, também ficou desde logo conhecida pela sua excelente animação noturna.

Albufeira à noite já era cartaz turístico no final da década de 60 e prova disso é este folheto, cuja propriedade não conseguimos identificar, mas que convidava quem visitava a então vila a seguir os conselhos da revista londrina “Queen” e a procurar os restaurantes, bares e boites locais. Nele se indicam o restaurante “Boa Vista”, a estalagem “Cerro”, o “Café Bailote”, o “Jul Bar”, a “primeira boite do Algarve, o Número 7” e, mesmo ao lado, o “7 ½” um “velho sótão com um terraço com vista sobre a baía” que estava aberto praticamente 24 horas por dia e onde se serviam pequenos almoços de bacon e ovos a partir das 9 horas, bebidas todo o dia e onde, a partir das 17 horas havia dança para os que pretendiam ouvir as últimas novidades discográficas vindas de Londres, Paris, Roma e Nova Iorque.






terça-feira, 27 de setembro de 2011

Dia Mundial do Turismo



Celebra-se hoje o Dia Mundial do Turismo, efeméride instituída em 1980 pela Organização Mundial do Turismo chamando a atenção para a importância social, cultural, política e económica deste fenómeno no mundo.
Em cada ano é escolhido um tema para reflexão. Em 2011 o tema é “Turismo: encontro de culturas”.
O Turismo do Algarve tem comemorado todos os anos este dia, promovendo atividades de receção aos turistas que nesta data chegam ao Aeroporto Internacional de Faro e aos que visitam os postos de informação turística da região.
Recordamos aqui alguns dos materiais gráficos com que, ao longo dos anos, foi assinalado no Algarve o Dia Mundial do Turismo.



Autocolantes


Receção aos turistas no Aeroporto de Faro - anos 80



Folhetos



Postal

segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Dia do Turista



Ilídia Sério que desde a primeira hora deste blogue tem participado nas diversas iniciativas que por aqui se vão desenvolvendo sugeriu-nos uma imagem que conta as comemorações anuais do Dia do Turista. Foi retirada da publicação “Sol do Algarve: revista de turismo, arte e folclore” que na sua edição de janeiro de 1969 reporta as principais efemérides turísticas do ano anterior.

Entre elas assinala-se a comemoração em distintas localidades algarvias do “Dia Nacional do Turista” que se festejava a 20 de abril, uma data instituída em 1966 e que marcava o arranque de um vasto programa de animação associado ao slogan “Abril em Portugal”, uma campanha inspirada no sucesso das versões estrangeiras da canção “Coimbra” interpretada por Amália Rodrigues.

O Dia do Turista festejou-se em Portugal até 1979. No ano seguinte haveria de se começar a assinalar o Dia Mundial do Turismo instituído pela Organização Mundial do Turismo em 27 de setembro. Mas dessa data se falará aqui amanhã.

sexta-feira, 23 de setembro de 2011

Visitai o Algarve


Na secção literária, histórica e turística do "Almanaque do Algarve", ano 1942, encontramos este anúncio que apela ao turismo “numa das mais formosas províncias de Portugal” e remete para os organismos que, à época, eram responsáveis pelo setor: as Juntas e Comissões Municipais de Turismo.

Este anúncio antecede um artigo com o título “Algarve, paraíso de Portugal” que, depois de descrever a região, prevê um futuro próspero para a mesma:

“É uma das mais lindas províncias de Portugal, e também uma daquelas que mais próspero futuro há-de ter. As suas praias magníficas, as belezas de Monchique e da Praia da Rocha, a exuberância da sua flora, muito hão-de concorrer para que venha a ser uma perfeita estação de inverno, época do ano em que o seu clima é de uma amenidade aliciante e incomparável”.

quinta-feira, 22 de setembro de 2011

Praias e termas


Neste suplemento do Diário de Lisboa, de 1958, sobre o turismo em Portugal, apenas duas páginas são dedicadas ao Algarve e salientam as praias de areia fina da região, o crescimento da rede de estradas, a pontualidade dos comboios, a melhoria dos hotéis e pousadas e a ligação rodoviária ao resto do país.

Curioso é também o mapa de praias e termas que o suplemento integra. Tudo acontecia mais a norte. Do Algarve apenas se indicam três praias: Lagos, Praia da Rocha e Monte Gordo.






quarta-feira, 21 de setembro de 2011

Praia da Luz

Estrada da Luz


Hoje propomos um passeio à Praia da Luz, Lagos.
Fazemo-lo através das páginas do “Almanach do Algarve” para o ano de 1903. José Castanho, um dos diretores desta publicação, que apresentava uma secção dedicada às praias do Algarve, explica que a Praia da Luz já era então procurada por muitos banhistas:




“A praia que d’antes só era frequentada pelos habitantes da freguezia e raros de fora, começa agora a sêl-o até por pessoas de Lisboa, que já hoje aqui encontram commodidades, que nós sabemos faltarem em muitas outras praias, embora mais concorridas.
Esta actual affluencia de banhistas à praia da Luz é principalmente devida à iniciativa de um homem que, comquanto não seja algarvio, muito tem feito em prol d’esta freguezia. Refiro-me ao sr. Antonio C. dos Santos, um emprehendedor commerciante de Lagos, o qual não só organisou d’esta cidade para a Luz duas carreiras diárias de Rippert por preços muito diminutos, mas também estabeleceu aqui uma encantadora vivenda, onde tem um bem sortido estabelecimento de viveres – succursal da sua casa commercial de Lagos – e seobretudo um Restaurant, onde podemos affiançar que se serve bem, como em qualquer bom hotel da capital.”



Vivenda "Santos"

terça-feira, 20 de setembro de 2011

"Outdoors" de outros tempos...

Respondendo ao convite que temos vindo a fazer de colaboração nas "Memórias do Turismo do Algarve", a nossa leitora Raquel Varela, conduz hoje o nosso olhar para uns "outdoors" de antigamente que ainda ocupam algumas paredes por este Algarve fora. De certeza que também já os viu...


"Como conservadora-restauradora de azulejos e algarvia quero partilhar convosco estas fotografias de anúncios de uma bebida em painel de azulejos.

Trata-se também de uma das imagens de marca do Algarve e infelizmente a grande maioria dos painéis encontram-se vandalizados.

Desejo que promovam também a sua conservação junto da população em geral."


segunda-feira, 19 de setembro de 2011

Turismo interessante...

Para começarmos a semana com boa disposição...


Cartoon de Marçal de Sousa Lopes publicado na revista "Algarve Ilustrado"-9-10-1969

sexta-feira, 16 de setembro de 2011

Vamos passear?

Está aí o fim de semana. Que tal fazermos um excursão pelo Algarve?





Folhetos da EVA - Empresa de Viação Algarve Lda., anos 1960




quinta-feira, 15 de setembro de 2011

Algarve - Guia Shell 1944



Numa coleção intitulada “Terras Portuguesas”, a Shell editava em meados do século XX, um pequeno guia dedicado ao Algarve.

Com texto de Gustavo de Matos Sequeira, começa por apresentar o “carácter da região”, chamando a atenção para o facto de ser a província portuguesa com o território melhor definido.

Salienta-lhe o “ar mourisco” e os atrativos de “Turismo” … assim mesmo, com letra maiúscula.

Comboio Aventura Centenário do Turismo

No próximo dia 1 de Outubro (Dia Nacional da Água), vamos ao encontro das águas do sul, no Comboio Aventura.
Com partida de Lagos ou de Vila Real de Santo António, nos comboios do Serviço Regional do Algarve, e com encontro na estação ferroviária de Faro, partimos para uma viagem pela história e pela natureza.
A iniciativa inclui, a partir das 11 h48:
Visita Cultural Almoço Passeio de barco tradicional pelos canais da Ria Formosa (2 horas) Regresso à estação ferroviária de Faro.
Este programa é uma parceria com a CP – Comboios de Portugal – EPE e a Formosamar, contando com o apoio da Câmara Municipal de Faro e do Turismo do Algarve.
O Algarve não é só Verão!
De Vila Real de Santo António ou de Lagos participe e adquira o seu bilhete com desconto em: http://www.cp.pt/

quarta-feira, 14 de setembro de 2011

Há sempre um Portugal desconhecido... que espera por si

Quem se lembra de uma campanha publicitária que nos anos 1970 utilizava o slogan “Há sempre um Portugal desconhecido... que espera por si”?
Tinha várias versões no que toca ao conteúdo dos textos, conforme a região de Portugal que divulgava. Deixamos aqui um exemplo daquela que publicitava o sul.



Por graça, deixamos também um cartoon do ilustrador Marçal de Sousa Lopes que incide sobre o mesmo slogan publicitário.


Provavelmente ainda há hoje um Portugal desconhecido à nossa espera… mas já não nos podemos queixar da falta de estradas…

Estas imagens foram ambas extraídas da publicação “Algarve ilustrado”.

terça-feira, 13 de setembro de 2011

Guia do concelho de Loulé




Numa edição dos anos 1940 da Revista Internacional, este guia do concelho de Loulé dedica quatro páginas à Praia de Quarteira explicando que era então uma das mais frequentadas do sul do país e dando conta das condições de que dispunha e dos projetos para a mesma.
Aqui fica um pequeno excerto:


“Projecta-se um casino à beira-mar com os recursos de uma estância balnear modesta sim, mas higiénica, económica e ao mesmo tempo confortável. Já possui iluminação eléctrica e uma bela avenida a poucos metros do mar. As construções apesar da carestia dos materiais não param; novas ruas serão breve expropriadas, projectando-se a construção de uma pensão ampla e confortável. (…) Quarteira a praia dos largos horizontes, do sol fulvo e areia macia, merece bem a protecção dos louletanos e a simpatia dos banhistas.”

segunda-feira, 12 de setembro de 2011

Um Algarve sonhador



Manuel do Nascimento, autor deste pequeno guia turístico editado em 1951, descreve nas suas páginas as belezas do Algarve que define como “ardente e sonhador”.

sexta-feira, 9 de setembro de 2011

Observação de aves

Num pequeno guia turístico do operador britânico “The Travel Club” sobre o Algarve e editado em 1970, encontramos uma página dedicada à observação de aves. Nessa época, o autor do texto estranhava a pouca importância que em Portugal e especialmente no Algarve era dada à ornitologia e, em consequência, manifestava uma agradável surpresa na descoberta da riqueza algarvia neste domínio.
Como sabemos a prática de observação de aves foi crescendo no Algarve, sendo hoje encarada como um produto turístico de relevo na região.



[Clique para ampliar]





quinta-feira, 8 de setembro de 2011

Praia da Rocha, estação de inverno

Este guia, editado pela Revista Internacional, nos anos 1940, definia Portimão como a “cidade mais moderna do Algarve” e destacava o clima excecional da Praia da Rocha que a tornava sobretudo “uma grande estação de Inverno”.






terça-feira, 6 de setembro de 2011

Um refresco algarvio

No "Roteiro da Província do Algarve", edição de 1951, refrescamo-nos com uma bebida absolutamente algarvia. Passando a publicidade... são servidos?

segunda-feira, 5 de setembro de 2011

Mapa turístico do Barlavento

[Clique na imagem para ampliar]

No Guia Turístico do Algarve, edição da Revista Internacional, de 1944, encontramos esta representação gráfica do mapa turístico do Barlavento, da autoria de Tóssan (António Fernando dos Santos, 1918-1991, pintor, ilustrador, caricaturista, gráfico, decorador e poeta algarvio, natural de Vila Real de Santo António)




sexta-feira, 2 de setembro de 2011

Voo inaugural Faro-Lisboa da TAP em 1965

No dia 5 de Setembro de 1965 realizou-se o voo inaugural da TAP entre o Aeroporto de Faro que acabava de entrar em funcionamento e Lisboa. Entre os convidados para este voo estava Torquato da Luz que partilha connosco algumas imagens do seu album pessoal, numa reportagem fotográfica exclusiva da "Fotografia Arnaldo".







quinta-feira, 1 de setembro de 2011

Algarve: do segredo mais bem guardado ao segredo mais famoso da Europa



Em 1970, Harry Chandler escrevia o texto introdutório de um pequeno guia turístico sobre o Algarve.

Nesse texto intitulado “Descubra o Algarve: o segredo mais bem guardado da Europa…”, o director do operador turístico britânico “The Travel Club” contava que quando a sua mulher visitou pela primeira vez o sul de Portugal, em 1964, regressou absolutamente entusiasmada com o Algarve e determinada em dar a conhecer a região a outros turistas.
A distância e a longa duração da viagem até ao Algarve antes de entrar em funcionamento o Aeroporto de Faro fizeram com que só em 1967 o próprio Harry Chandler descobrisse o tal segredo.

Hoje em dia, o Algarve passou do segredo mais bem guardado ao segredo mais famoso da Europa. Quem lhe resiste?

[Clique na imagem para ampliar]