quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Albufeira de noite


Albufeira, que a partir dos anos 1960 se tornou numa das estâncias balneares algarvias mais “badaladas”, muito por culpa dos britânicos, também ficou desde logo conhecida pela sua excelente animação noturna.

Albufeira à noite já era cartaz turístico no final da década de 60 e prova disso é este folheto, cuja propriedade não conseguimos identificar, mas que convidava quem visitava a então vila a seguir os conselhos da revista londrina “Queen” e a procurar os restaurantes, bares e boites locais. Nele se indicam o restaurante “Boa Vista”, a estalagem “Cerro”, o “Café Bailote”, o “Jul Bar”, a “primeira boite do Algarve, o Número 7” e, mesmo ao lado, o “7 ½” um “velho sótão com um terraço com vista sobre a baía” que estava aberto praticamente 24 horas por dia e onde se serviam pequenos almoços de bacon e ovos a partir das 9 horas, bebidas todo o dia e onde, a partir das 17 horas havia dança para os que pretendiam ouvir as últimas novidades discográficas vindas de Londres, Paris, Roma e Nova Iorque.






Sem comentários:

Enviar um comentário