quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

Hoje, Centenário do Turismo exibe filmes sobre o Algarve

Imagem do filme "Algarve encantado"(1938), retirada do livro "Filmando a Luz" editado em 2007 pela Algarve Film Commission

A Cinemateca Portuguesa (Lisboa) exibe hoje, às 19h30, na Sala Luis de Pina, três filmes sobre o Algarve. Trata-se de uma sessão integrada no programa do Centenário do Turismo que não podíamos deixar de destacar nas "memórias do turismo do Algarve". Quem puder... não perca.

Imagem do filme "Algarve encantado"(1938), retirada do livro "Filmando a Luz" editado em 2007 pela Algarve Film Commission


A série “Imagens de Portugal” prossegue, nesta quarta-feira, com a última sessão de dezembro, composta exclusivamente por filmes sobre a região do Algarve.
Durante o Estado Novo, as regiões tiveram um peso importante na organização administrativa do país e na retórica salazarista. Muitos filmes procuraram sintetizar as características “essenciais” de cada região e seria possível organizar várias sessões para quase todas elas. Esta sessão vale como “estudo de caso” e mostra como a representação cinematográfica de uma região se fez quase sempre através da acumulação de estereótipos: neste caso, o Algarve das mouras encantadas, das amendoeiras em flor e do turismo de massas.

ALGARVE ENCANTADO
de Armando de Miranda
Portugal, 1938 / 15 min

ALGARVE
de Faria de Almeida
Portugal, 1972 / 12 min, cor


ALBUFEIRA
de António de Macedo
Portugal, 1968 / 28 min, cor


Duração total da sessão: 55 min
Sessão apresentada pelo geógrafo José Manuel Simões.

Sem comentários:

Enviar um comentário