terça-feira, 27 de dezembro de 2011

Vilamoura

Anúncio publicitário de Vilamoura, 1976

Em 1965, o Grupo Cupertino de Miranda e o BPA criam a empresa Lusotur com o propósito de urbanizar propriedades com fins turísticos, nomeadamente a quinta do Morgado de Quarteira que se haveria de transformar no complexo urbano-turístico de Vilamoura.
No quadro de forte desenvolvimento turístico internacional que então se iniciava, a Lusotur pretendia criar o mais completo e maior empreendimento turístico do país, com elevada qualidade, a nível europeu.

Anúncio publicitário de Vilamoura, 1968


O Plano Geral de Urbanização de Vilamoura abrangia inicialmente 1631 hectares, 1053 dos quais destinados a utilização turística. A par das 50 000 camas que então previa, incluía uma vasta gama de serviços de natureza hoteleira, social e desportiva. Das estruturas que iriam nascer e formar esta “nova cidade” salientam-se as que eram mais inovadoras: a marina, os campos de golfe, o casino, os lagos e as zonas verdes.
O plano de desenvolvimento inicial de Vilamoura foi evoluindo e foi-se adaptando aos novos tempos.

Página de uma brochura promocional de Vilamoura, anos 1970



Vilamoura, anos 1970


Vilamoura, anos 1970


Em dezembro de 1995 dá-se novo marco na evolução de Vilamoura com a aquisição da Lusotur pelo Grupo André Jordan. Para além da revitalização do empreendimento dá-se o lançamento da segunda fase do projeto conhecida como Vilamoura XXI. Esta fase quase duplica a área total de Vilamoura tornando-a no maior complexo residencial e turístico de baixa densidade da Europa.

Atualmente é a empresa Lusort que detém o complexo, sendo igualmente responsável pela gestão da Marina de Vilamoura que conta com cerca de 825 postos de amarração. O novo projeto da Lusort para Vilamoura é a “cidade lacustre”, uma área de lagos e canais navegáveis que pretende torná-la também numa referência turística a nível europeu.


Projeto "Cidade Lacustre" de Vilamoura. Imagem do site da Lusort

1 comentário:

  1. Miguel Cunha10/01/12, 16:56

    Desde o principio dos anos 80 que me tornei um Fã de Vilamoura. Agradeço a todos quantos ao longo destes anos ajudaram a tornar Vilamoura num mundo á parte. I Love ALLGARVE!!!!!

    ResponderEliminar