segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

1001 Praias: Praia da Murração

Uma pequena praia pouco frequentada e de grande beleza natural. De difícil acesso, é um pequeno paraíso escondido no meio de falésias escarpadas.




Já chamada de “Joia Vicentina”, é uma praia de grande beleza com valores naturais intactos, dado ser pouco frequentada. É assim das raras praias em que a vegetação dunar se estende até à linha de maré, combinando-se o verde da paisagem com o azul marinho.

Para norte, a arriba é modesta, está revestida por matos endémicos de zimbro e delimita uma pequena ribeira que desagua no areal.

A sul a arriba eleva-se e impõe-se na paisagem, é de xisto, negra, com numerosos veios avermelhados e alaranjados. No topo longínquo da arriba podem ainda observar-se rochas carbonatadas, rendilhadas e de tons mais claros, bem como pacatas ovelhas a pastar à beira do abismo.

No extremo sul da praia, a parede xistosa aparece escavada por uma pequena e límpida linha de água, que corre em cascata para a praia. Por todo o areal é possível encontrar rochas de formas e tonalidades curiosas, vestígios de antigos desmoronamentos.




Notas:

Na maré-cheia o areal torna-se estreito e existe a possibilidade de deslizamento de pedras, pelo que se deve ter atenção à faixa junto às arribas. É ainda necessário cuidado para não pisotear a vegetação dunar, contribuindo assim para a preservação da duna.

Acesso viário a partir da EN 120, a norte de Vila do Bispo, junto ao Parque Eólico. O caminho não está sinalizado, é de terra e pedra solta ao longo de 6Km, difícil e com troços de maior declive, apenas recomendado a veículos todo-o-terreno. Estacionamento não ordenado e exíguo, sem equipamentos de apoio nem vigilância. Orientação: noroeste.

Sem comentários:

Enviar um comentário