segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

1001 Praias: Praia da Bordeira

A praia da Bordeira situa-se na foz da ribeira da Carrapateira, envolta em dunas e paisagens grandiosas. É extensa, um tanto ventosa, mas convidativa ao lazer. Próximo, encontra-se a formação rochosa do Pontal da Carrapateira, recortada por altas falésias e angras.




Na Bordeira, o negro do xisto interrompe-se para dar lugar a uma arriba de natureza calcária, de cores claras e quentes, abrindo possibilidades à diversificação da vegetação. Na praia, os extensos campos dunares que avançam pelo interior até à povoação da Carrapateira marginam a ribeira da Bordeira, que forma ocasionalmente uma laguna de águas tépidas perto da foz e onde ainda é possível avistar lontras.

São também de assinalar os pinhais dunares de pinheiro-manso, com árvores enormes e antiquíssimas, sendo algumas utilizadas como armazém agrícola dado o diâmetro da sua copa. O areal é vastíssimo, com mais de 3 km de comprimento expostos aos ventos marítimos, e prolonga-se, quase sempre deserto, até à Pedra de Matez, enorme rochedo de tonalidade avermelhada, a norte.

As arribas da Bordeira são famosas pelos seus pesqueiros quase inacessíveis e muito procuradas por diversas aves marinhas, que aqui encontram refúgio.




Notas:

O melhor acesso à praia faz-se através da arriba a sul, que possui um passadiço a partir do parque de estacionamento, sendo depois necessário atravessar a ribeira a pé (a profundidade é muito baixa). Pode-se fazer praia ao longo da ribeira, mais aconselhável quando a comunicação com o mar está ativa e na maré cheia.

Acesso viário através da entrada norte da Carrapateira, seguindo a direção da praia, que se situa a cerca de 2,5 km. O caminho começa por ser alcatroado, mas finaliza em terra batida. Estacionamento não ordenado, sem equipamentos de apoio mas com vigilância durante a época balnear. Orientação: noroeste/norte.


Sem comentários:

Enviar um comentário