sexta-feira, 2 de março de 2012

Guia de Observação de Aves no Algarve

O Turismo do Algarve apresentou ontem, na Bolsa de Turismo de Lisboa, a sua mais recente publicação: o «Guia de Observação de Aves no Algarve».

Este guia pretende ser um simples e eficiente instrumento de campo para todos os que gostam de observar aves no seu meio natural. Está organizado de forma a facilitar o encontro com as espécies mais interessantes da região e/ou o maior número delas, expondo um conjunto de informações úteis sobre como aceder aos locais, as melhores épocas do ano, dicas específicas para cada sítio, etc. São propostos 22 itinerários, inseridos em 9 principais zonas a visitar, organizados de este para oeste. Existe ainda um décimo roteiro, dedicado à observação de aves marinhas em alto mar, sem itinerários específicos, apenas com indicação dos sítios onde se iniciam as viagens de barco especializadas para esse propósito.


Cada local é acompanhado de um mapa e de uma descrição de como lá chegar, das espécies mais interessantes que ali ocorrem e de várias dicas específicas sobre a melhor forma de o visitar. No final, existem ainda contactos úteis para o visitante, incluindo números telefónicos de emergência médica e de segurança civil, bem como de páginas na internet com indicações de alojamentos, restaurantes e empresas especializadas em birdwatching.

Não sendo um guia de campo convencional, pretende ser um bom acompanhante de viagem ao Algarve e uma boa ajuda para proporcionar momentos inesquecíveis de observação de aves e encontro com a natureza.

Curiosidade:
O Turismo Ornitológico, inserido no Turismo de Natureza, regista adesão muito significativa, em parte devido ao facto de o Algarve ter importantes hot spots para a observação de aves, de entre os quais se destacam o sapal de Castro Marim, a ria Formosa e a lagoa dos Salgados.

Sem comentários:

Enviar um comentário