quarta-feira, 10 de julho de 2013

Cinco experiências imperdíveis em Albufeira

Dizem-nos as nossas colegas do Posto de Turismo de Albufeira que naquela terra de sol e de mar, de luz e de alegria, há gente acolhedora que sabe receber todos aqueles que a visitam transmitindo uma energia contagiante que cativa e faz regressar qualquer um.

Para quem visita Albufeira, não falta o que fazer. Há muito para experimentar e, por isso, ficam aqui cinco sugestões que, na verdade, se desdobram em muitas mais.

1- O centro histórico

Provavelmente povoada desde tempos pré-históricos, a primitiva Albufeira foi ocupada pelos romanos que lhe deram o nome de Baltum. No entanto o atual topónimo deriva da denominação árabe al-Buhera” que significa “castelo do mar “.

Quem hoje passa por Albufeira não pode deixar de visitar a zona histórica, com as suas ruelas típicas viradas para o mar e com vista sobre a antiga praia dos pescadores. Daí, subindo as escadas rolantes que se encontram junto ao largo da praça, acede-se ao bairro dos pescadores de onde se pode desfrutar de uma vista lindíssima que se tornou cartão de visita da cidade.
 
Créditos fotográficos: Turismo de Albufeira e Turismo do Algarve


No centro histórico de Albufeira destacam-se a Torre do Relógio implantada na antiga cadeia da comarca; o Museu Arqueológico composto por quatro núcleos históricos (pré-história, romano, visigótico- islâmico e idade moderna); a Igreja da Misericórdia; a Igreja de S. Sebastião onde se pode visitar um interessante núcleo museológico de arte sacra; a Igreja Matriz com realce para uma tela do mestre Samora Barros que, no altar-mor, serve de fundo à imagem da padroeira de Albufeira, Nossa Senhora da Conceição e ainda a Igreja de Sant´Ana.

Para além disso, a parte antiga de Albufeira tem duas propostas para o visitante. Da esplanada Dr. Frutuoso da Silva para poente, há que seguir pela linha do mar desfrutando da vista até à marina de Albufeira onde se podem apreciar as embarcações dos pescadores e todo o clima artesanal da faina piscatória. Já no centro da cidade, a partir do largo Engenheiro Duarte Pacheco e pela rua Cândido dos Reis, o percurso passa por restaurantes, bares e esplanadas até ao antigo mercado do peixe. É todo um convite para apreciar uma boa cataplana, um arroz de marisco, umas amêijoas abertas ao natural, uma típica sardinhada ou simplesmente tomar uma bebida e sentir o cheiro da maresia enquanto anoitece.

2- A noite
Quando finda o dia e as luzes começam a cintilar, Albufeira apresenta-lhe um convite irrecusável para uma noite de festa.
 
Créditos fotográficos: Turismo de Albufeira


Para além das festas de rua organizadas pela Câmara Municipal, sempre com um espetáculo diferente, a noite de Albufeira tem o seu centro nevrálgico na rua dos bares que se estende até à praça dos pescadores, e também na avenida Sá Carneiro, em Areias de São João, a famosa Strip conhecida internacionalmente pelas noites loucas de bares e discotecas.

3- As praias
Albufeira é o destino de praia por excelência, estando sempre no top de praias galardoadas com bandeira azul, distinguidas como praias douradas e apontadas entre as melhores da Europa. Aproveite e descubra todos os seus recantos e encantos.



Arrifes, S. Rafael, Coelha, Castelo, Evaristo, Manuel Lourenço, Galé, Oura, Santa Eulália, Balaia, Olhos d´Água, Belharucas e Falésia não podem faltar no seu roteiro.  Procure-as para desfrutar dos seus finos areais, das suas águas calmas, da sua beleza paisagística e também para apreciar um pôr de sol, relaxar num bar de praia ao som de uma boa música e sentir toda a magia da beira-mar.

4- As compras
As suas férias não ficariam completas se não incluíssem um tempo para compras. Os produtos tradicionais ou o artesanato são sempre uma boa opção para oferecer e para  recordar.
Tome então nota de algumas sugestões:

Joaquim Pargana é um artesão das pedras do mar. Tem atelier nos Olhos de Água (Beco da Ladeira - loja 9) onde se dedica a esculpir pedras que encontra no mar, principalmente com motivos marinhos.

Também para José Manuel Cabrita o mar é fonte de inspiração. Conhecido por Zé
Manel Capinha, dedica-se a reproduzir, em madeira, barcos de pesca tradicional. Pode encontrar as suas réplicas na rua de Santana, nº 15-A, em Albufeira.

Não deixe igualmente de visitar a “ Abracadabra” na rua 5 de Outubro, em Albufeira. Aí encontra a originalidade de peças feitas à mão, desde a bijutaria sofisticada à pintura em tecido e outros artigos de decoração.
 
Alguns dos produtos à venda no Posto de Turismo


E claro, para além de lhe indicar os artesãos que pode procurar no concelho, o próprio posto de turismo de Albufeira dispõe de uma variada gama de produtos da região para que possa levar para casa a essência das suas férias.

5- O Zoomarine
É incontornável. Quem vem a Albufeira, não pode deixar de visitar um dos parques temáticos mais atrativos de toda a região. 

Créditos fotográficos: Zoomarine

O Zoomarine situa-se na estrada nacional 125 em direção à Guia e os seus programas de interação com os golfinhos bem como os espetáculos não deixam indiferentes adultos e crianças. Para além dos golfinhos, os leões-marinhos, as focas, as aves de rapina, o cinema 4D, o barco dos piratas, a ilha tropical e as piscinas fazem deste parque o sítio ideal para passar um dia totalmente diferente e muito divertido.

Para mais sugestões, procure o Posto de Turismo de Albufeira e outros no Algarve cujos contactos encontra aqui

Sem comentários:

Enviar um comentário