terça-feira, 29 de dezembro de 2015

O embarque para 2016 é no Algarve!

Fotos: Câmaras Municipais Albufeira, Lagos, Faro e site Iris oficial 

De certeza que já se imaginaram a terminar o ano junto a uma praia, em traje descontraído, eventualmente de chinelo no pé, e champanhe na mão. Acertámos? Então venham daí! O Algarve é a vossa porta de embarque para 2016.  

Música, concertos, fogo de artifício, muita energia e diversão ao ar livre. O difícil vai ser mesmo escolher onde dar as boas-vindas ao novo ano. Vila Real de Santo António, Alcoutim, Monte Gordo, Albufeira, Tavira, Faro, Lagos, Quarteira, Olhão ou Armação de Pera?

Indecisos? Apertem o cinto, vamos guiar-vos pelas fantásticas ofertas de fim de ano da região.

Sintonizem o ritmo e escolham o vosso género preferido para dançar noite dentro:


Anselmo Ralph protagoniza um dos concertos mais aguardados na região, na Praia dos Pescadores, em Albufeira. Na outra Praia dos Pescadores, a de Armação de Pêra, o réveillon é animado pelos algarvios Iris. Lagos recebe o ano novo na Praça do Infante ao som dos Expensive Soul. Em Faro é a banda algarvia La Plante Mutante a animar a última noite do ano e em Olhão há ritmos africanos com Fábio Lagarto

Quarteira entra em grande em 2016 com o grupo PLATINUM - The Live ABBA Tribute Show a animar, a partir das 00h15, a principal praça da cidade com os hits que fizeram a carreira dos suecos ABBA. 

A tenda gigante instalada na marginal de Monte Gordo será palco do Duo Reflexo e da banda 4Dance. Em Vila Real de Santo António também haverá animação com Zé Anibal, a partir das 22h30. Alcoutim celebra no Cais da Vila a entrada em 2016 com música de baile pelo Duo Best. Nas margens do Gilão, Tavira encerra 2015 com o Grupo AF. Todos os concertos têm entrada gratuita.


Mas a festa não fica por aqui e há muita animação de rua e DJ’s a animar os recintos logo após as 12 badaladas e os fantásticos fogos de artifício que vão iluminar os céus algarvios.


Os que preferem réveillons mais intimistas têm à sua disposição inúmeras sugestões dos hotéis e dos casinos da região ou a festa “Arade Music Fest”, no Centro de Congressos do Arade, no Parchal, concelho de Lagoa, com a melhor música de dança dos anos 70, 80 e 90.


Com estas sugestões e as temperaturas amenas que se fazem sentir não há como não vir ao Algarve neste fim de ano. Cá vos esperamos!

segunda-feira, 28 de dezembro de 2015

Hotelaria premiada


O hotel Porto Bay Falésia, localizado nos Olhos d’Água, em Albufeira, foi distinguidos com o prémio TUI Top Quality 2016, atribuído pelo operador turístico alemão com base nos resultados dos inquéritos de satisfação realizados aos seus clientes. Já o prémio HolidayCheck Award 2016, atribuído por um dos maiores auditores de viagens do mundo e líder no mercado alemão, colocou-o entre os hotéis mais populares do mundo com base na opinião de mais de um milhão de comentários ao longo do ano passado.

“Com oito quilómetros de praia, o hotel localiza-se numa das alaranjadas falésias algarvias. Este hotel de quatro estrelas possui 310 quartos, acesso direto à praia, verdes abundantes, lounges com vistas panorâmicas, SPA, bares e restaurantes”, refere o grupo Porto Bay.

terça-feira, 15 de dezembro de 2015

E o óscar vai para...

Vila Vita Parc

Conrad Algarve


Algarve arrecadou dois dos quatro prémios que foram atribuídos a Portugal nos World Travel Awards, também conhecidos como “óscares" do turismo.

A região obteve o reconhecimento internacional para a sua hotelaria de luxo com o hotel Vila Vita Parc, em Porches, a ser considerado como o Melhor Resort Verde de Luxo do Mundo e o Conrad Algarve, na Quinta do Lago, a ser distinguido como Melhor Resort de Lazer de Luxo do Mundo, pelo terceiro ano consecutivo.


Estes dois vencedores saíram de uma lista de 31 nomeados portugueses para um total de 155 categorias dos “óscares” do turismo numa gala que decorreu em Marrocos, no dia 12 de dezembro.

Os World Travel Awards foram criados em 1993 para reconhecer, premiar e celebrar a excelência em todos os setores da indústria do turismo, de modo a estimular a competitividade e a qualidade do Turismo. A seleção dos nomeados é realizada à escala mundial por milhares de profissionais do setor, que todos os anos escolhem os seus favoritos.


A lista completa dos vencedores do pode ser consultada em www.worldtravelawards.com.

Créditos fotográficos: Vila Vita Parc e Conrad Algarve

sexta-feira, 11 de dezembro de 2015

Novo vídeo promocional: Algarve – partilha o segredo...




Sei um segredo. Tem lá dentro um lugar. Um lugar tão conhecido mas ao mesmo tempo um segredo tão bem guardado. Um lugar de que toda a gente fala e que se partilha ao ouvido. Shhhhhh… Algarve – partilha o segredo.

quinta-feira, 26 de novembro de 2015

As estrelas que mais brilham na gastronomia algarvia


Fotos: Chef's Agency

As estrelas que mais brilham no Algarve traçam a rota dos melhores restaurantes da região, aqueles que o conceituado Guia Michelin reconhece anualmente e que é a maior e mais ambicionada distinção no setor da alta cozinha a nível mundial.

Na edição de 2016 do guia turístico o Algarve vê subir para seis o número de restaurantes com chancela Michelin, alcançando um total de oito das dezassete estrelas atribuídas a Portugal.

O restaurante Bon Bon, no Carvoeiro, com a assinatura do chef Rui Silvestre, é a nova entrada para a lista dos seis magníficos restaurantes algarvios que fazem parte dos 14 portugueses estrelados. Com uma estrela estão assim o Bon Bon, o Henrique Leis (Almancil), o São Gabriel (Albufeira) e o Willie’s (Vilamoura).

No topo das distinções estão os restaurantes Vila Joya (Albufeira) e o Ocean (Porches), que mantêm ambos as duas estrelas e que lideram a lista juntamente com o Belcanto de José Avillez (Lisboa).

São Gabriel faz a dobradinha e vê o seu subchef executivo receber o galardão de “Chefe Cozinheiro do Ano 2015” naquele que é o maior concurso nacional de cozinha para profissionais. Com apenas 27 anos, João Viegas venceu a Etapa Regional Sul e Ilhas e conquistou o primeiro lugar na final entre os seis finalistas em competição.

Estas distinções só vêm comprovar o excelente trabalho e o elevado nível de cozinha da nossa restauração, colocando o Algarve nas bocas do mundo.

Parabéns a todos!

sexta-feira, 13 de novembro de 2015

Há passeios que nos inspiram. E este é um deles.

Hoje partimos de uma ponte medieval (sim, medieval e não romana) à redescoberta de uma das mais bonitas cidades do Algarve. Uma ponte sob a qual convergem dois rios. Ou melhor, um rio e uma ribeira. Confusos? Ainda não sabem de que cidade falamos? E se vos dissermos que esta cidade tem 21 igrejas e 6 conventos? Claro que sim, é de Tavira que vos vamos falar.

Estamos no coração da cidade, no centro da Praça da República. Numa volta rápida de 360º a girar sobre nós próprios, sentimos o pulsar da história, marcado em cada recanto pela presença de fenícios, romanos, árabes e cristãos.


Aqui encontramos o edifício dos Paços do Concelho, o imponente monumento aos combatentes da I Grande Guerra Mundial, o Núcleo Museológico Islâmico, onde se pode ver o famoso Vaso de Tavira”, célebre pela sua forma peculiar e riqueza iconográfica, e a Porta de D. Manuel I que nos guia “Vila a Dentro” e nos leva à imponente Igreja da Misericórdia, a mais valiosa obra renascentista do Algarve
Para nossa surpresa, ali mesmo ao lado há Fado com História. Num ambiente intimista assistimos a um pequeno espetáculo de Fado, único no Algarve, e a uma breve história do fado em Portugal.


Levamos o fado no ouvido escadaria acima até ao Palácio da Galeria para um breve encontro com a história do património de Tavira. Ganhamos fôlego na A.S.T.A. (Associação de Artes e Sabores de Tavira) com uma Delícia de Tavira que reúne os três sabores típicos algarvios – figo, alfarroba e amêndoa - num doce feito com a mestria dos artesãos da região, e continuamos a subir até ao Largo Abu Otmane. As badaladas do relógio da torre da Igreja de Santa Maria do Castelo aceleram-nos o passo e acompanham-nos até ao castelo medieval.


A partir deste ponto a vista panorâmica de Tavira é magnífica, com os característicos telhados de tesoura ou de quatro águas a recortarem o céu, as cúpulas de várias igrejas, o rio e as imaculadas salinas mais ao fundo.


Ali mesmo ao lado, o Convento de Nossa Senhora da Graça, faustoso na sua fachada ocre, outrora convento quinhentista hoje convertido em Pousada de Portugal, é um dos edifícios mais imponentes do centro histórico da cidade. O seu interior, rico em pórticos e cantarias, abriga um claustro emoldurado por colunas e lajes de pedra, e vestígios de um bairro muçulmano de 13 casas conhecido como Bairro Almóada.


Descemos a calçada que nos leva ao Largo das Portas de Postigo e admiramos os finos entrelaçados de madeira nas portas e janelas das casas. São as portas de reixa, uma herança árabe bem visível no concelho nas 157 portas de reixa atualmente existentes. Outro pormenor curioso são as “mãos de Fátma” nos batentes das portas, cuja particularidade recai sobre o facto de serem de tamanhos diferentes, representando uma mão feminina e outra masculina, e que permitiam, pelo som diferente que produzem, distinguir quem estava do outro lado.


O almoço espera por nós nas margens do Rio Gilão, mais precisamente no antigo Mercado da Ribeira, hoje recuperado e transformado em espaço de lazer, comércio e restauração. À mesa do restaurante Gilão chegam paladares algarvios ricos em sabor e criatividade na apresentação e confeção dos ingredientes típicos: chamuça de cavala em molho de caril e gengibre, polvo no barro com azeite e alhos e batata a murro e uma doce laranja com calda de canela para terminar.  

A temperatura quente que se faz sentir no outono algarvio convida a um passeio de barco pela Ria Formosa. Seguimos rio abaixo com a Séqua Tours até Cabanas, uma pequena vila que se dedica à pesca e ao turismo e onde se encontram alguns dos restaurantes típicos do concelho.


Nas margens da ria erguem-se zonas de sapal e salinas que servem de porto de abrigo e alimento a dezenas de espécies de aves. Fazemos uma curta paragem para observar a mancha rosa de flamingos que dá cor a uma salina desativada.
Aportamos em Cabanas, frente às esplanadas que acompanham a ria ao longo de toda a marginal e que se enchem de turistas que recuperam energias após uma volta de golfe nos campos de golfe circundantes.


Seguimos por terra até à freguesia mais pequena do concelho, Santa Luzia, conhecida hoje como a capital do polvo. Desde sempre ligada ao mar e à história da pesca do atum e das armações no Algarve, voltou-se mais tarde para a pesca do polvo com recurso a alcatruzes e covos. Os despojos da pesca do atum são visíveis na Praia do Barril no imponente "cemitério das âncoras" e no casario que albergou as famílias da antiga armação do atum em 1842, hoje transformado em espaço comercial.

Estas memórias estendem-se até ao Arraial Ferreira Neto, antiga armação da pesca do atum, que foi recuperada e deu origem ao Hotel Vila Galé Albacora. Tudo foi mantido para eternizar a história desta importante atividade económica algarvia no séc. XIX: os armazéns foram transformados em quartos, a escola deu lugar a um kids club, a capela foi restaurada e continua a celebrar missas quinzenais abertas à comunidade e a padaria reabriu portas como museu público onde vários registos documentais, fotografias, barcos e redes, e até uma maqueta da armação do atum contam a história desta pesca e deste complexo.

Tudo isto em perfeita harmonia com a natureza, no coração da Ria e junto à paradisíaca Ilha de Tavira onde é possível, para além de fazer praia, acampar no parque de campismo, fazer um piquenique no parque de merendas ou apreciar pratos de marisco e peixe fresco nos diversos restaurantes de apoio.
Tavira inspirou-nos e levou-nos a redescobrir os segredos e encantos únicos desta cidade que respira história, cultura e tradição. Esperamos que vos inspire também! 

segunda-feira, 9 de novembro de 2015

"Swing" perfeito do Algarve



O golfe algarvio é sinónimo de prémios internacionais, e nos World Golf Awards 2015, os «óscares» do golfe, não foi diferente: a Quinta do Lago foi eleita Melhor Venue de Golfe da Europa, deixando para trás a concorrência italiana, sueca, francesa, galesa, escocesa e até portuguesa. E a nível nacional, o Pine Cliffs Resort, em Albufeira, foi declarado o Melhor Hotel de Golfe de Portugal, enquanto a DMC especialista em golfe PAGS – Portugal Algarve Golf Services, em Vilamoura, venceu a categoria de Melhor Operador Turístico de Inbound de Portugal.


Mas as boas notícias não ficaram por aqui: Portugal renovou o título de Melhor Destino de Golfe da Europa e… do Mundo!

Foto: Quinta do Lago Norte

quinta-feira, 15 de outubro de 2015

O nosso outono


Créditos fotográficos: L'Express


“Antes que venha o inverno e disperse ao vento essas folhas de poesia que por aí caíram, vamos escolher uma ou outra que valha a pena conservar, ainda que não seja senão para memória”, escreveu Almeida Garrett na advertência inicial às suas Folhas Caídas. Precisamente antes que venha o inverno e ponha em debandada os dias de sol quentinho e as folhas das nossas árvores, aproveitemos a poesia do outono no Algarve. Ela já chegou a Espanha e a França, em dois artigos publicados no portal Los Viajeros e na revista L’Express. Para os espanhóis, o Algarve outonal é caminhadas, passeios de barco no Guadiana, pedaladas em bicicleta, gastronomia, tratamentos em spas, eventos e birdwatching (http://bit.ly/1QwKzIr). Para os franceses, a conversa é outra: a região – por eles apelidada de a Bretanha de Portugal – é o Atlântico que a banha, a indomável Costa Vicentina e a cidade piscatória de Olhão (http://bit.ly/1NJj291). Para nós, ela é tudo isto e também golfe, cultura e vida. É a nossa bela nada adormecida, com tanto a acontecer e para fazer, mesmo numa estação recolhida como o outono.

terça-feira, 6 de outubro de 2015

O que está a dar é o turismo criativo


Créditos fotográficos: Loulé Criativo

Estão entre as pessoas que gostam de viajar por puro deleite para uma região ou um país, fazendo-o com frequência? Muito bem, são turistas, portanto. Mas serão turistas criativos? Isto é, daqueles que se entrosam com os habitantes locais e que se aventuram pelas tradições alheias, experimentando o modo de vida dos outros povos? Em caso de resposta afirmativa, informamos que sim, são turistas criativos. E foi a pensar em vocês – e em todos os “como vocês” espalhados pelo mundo – que Loulé aderiu à Rede Internacional de Turismo Criativo (Creative Tourism Network). Loulé é, aliás, o único município português nesta rede que promove a oferta mundial desta nova geração de turismo, a qual permite ao visitante dançar rumba em Barcelona ou produzir música chill out em Ibiza, por exemplo. Por cá, o pacote de atividades que Loulé, enquanto destino criativo, tem para os turistas passa por ensiná-los a entrelaçar palma, a fazer pão caseiro em forno de lenha, uma tiborna ou tapas à algarvia. Ou ainda joias com as cores e texturas de Loulé. No verão, eles chegaram a dançar corridinho, a recriar platibandas em painéis decorativos e a fazer doces em pasta de amêndoa. O conceito deste tipo de turismo é assim juntar os residentes aos visitantes, uns no papel de mestres de ofícios, outros no de aprendizes, numa troca de saberes, de histórias e de cultura. E tem resultado, a julgar pelas notícias que vão saindo sobre o tema e que vão destacando o pioneirismo de Loulé no contexto nacional. Veja-se esta, da revista “E”, ou esta, da SIC. É bom estarmos um passinho à frente no tipo de turismo que mostra o melhor da nossa região e que dá parte de nós a quem nos visita...

segunda-feira, 21 de setembro de 2015

Vem aí o outono e muita coisa para fazer no Algarve…

Esta semana mudamos de estação. No dia 23 de setembro chega oficialmente o outono e, tendo isso em conta, deixamos aqui cinco sugestões para quem visita o Algarve nesta época do ano.

A praia, ainda e sempre…


Não é à toa que o Algarve é o melhor destino de praia da Europa e para já, esta é a região do país com a época balnear oficial mais dilatada, particularmente nas praias do concelho de Albufeira cujas concessões estão asseguradas até 18 de outubro. Como o outono ainda tem muitos dias de sol para oferecer, há que aproveitar a amenidade do clima algarvio e continuar a desfrutar dos extensos areais da região.

Observação de aves

Foto de Vanessa Oliveira  em http://www.birdwatchingsagres.com/

É no outono e no Algarve que se realiza anualmente o maior evento de observação de aves do país. O Festival de Observação de Aves &Atividades de Natureza tem encontro marcado connosco nos dias 1 a 4 de outubro, em Sagres, aproveitando a época de migração, para sul (África), das aves nidificantes na Europa (passeriformes, aves marinhas e aves de rapina). Mas para além de Sagres e deste evento, o Algarve, que regista a presença regular de mais de 250 espécies de aves ao longo de todo o ano, é cada vez mais um destino escolhido pelos praticantes de “birdwatching”. Quem quiser experimentar pode também escolher alguns dos roteiros propostos no “Guia de observação de aves no Algarve”.


Passeios a pé ou de bicicleta


Foto retirada de http://www.rotavicentina.com/

Com as temperaturas mais amenas que se começam a fazer sentir no outono e com as novas cores que a paisagem adquire, apetece fazer longos passeios a pé ou em bicicleta. É só escolher os trilhos que se deseja explorar. E a oferta é variada. Desde os percursos da Rota Vicentina aos da ViaAlgarviana ou também da Grande Rota do Guadiana, há muito quilómetro para fazer e para se encantar.


Os sabores da época


A gastronomia local é cada vez mais um atrativo para quem visita o Algarve. Dos mercados de produtos frescos à mesa dos restaurantes da região, há um mundo de sabores para descobrir. E no outono algarvio há um roteiro gastronómico que destacamos. Até 11 de outubro, em localidades como Portimão, Alvor, Mexilhoeira Grande, Monchique, Ferragudo e Silves, pode-se experimentar uma variedade de ementas a preços muito convidativos. É a Rota doPetisco que convida à ação, de modo irrecusável, das nossas papilas gustativas.

Golfe

Foto retirada de http://www.oceanicogolf.com/

Os campos de golfe do Algarve são ponto forte da oferta turística da região. Para jogar ou ver jogar. E neste outono, a região acolhe novamente o Portugal Masters, prova do European Tour, que se vai disputar em Vilamoura no campo de golfe Oceânico Victoria, entre 15 e 18 de outubro. Se é fã da modalidade, é marcar já o seu lugar.


segunda-feira, 14 de setembro de 2015

Perguntar não ofende! # 45

Onde posso vacinar-me contra a febre-amarela? Fui picado por um mosquito ontem à noite e já estou com sintomas.




Ilustração de Alexandre Cunha (ac-cunha@hotmail.com )


[Pergunta formulada no posto de turismo de Quarteira]

quinta-feira, 10 de setembro de 2015

O Algarve mais sereno


Créditos fotográficos: Marisa Cardoso




Não podemos falar do lado mais desconhecido do Algarve, pois também ele está a popularizar-se a olhos vistos entre quem nos visita. Agora somos famosos por tudo o que temos e não só pelas praias paradisíacas (que aliás ajudaram a região a conquistar o galardão de Melhor Destino de Praia da Europa na última edição dos World Travel Awards): da nossa gastronomia às paisagens naturais, do artesanato aos eventos, dos vinhos à cultura, dos golfes à hotelaria. Caímos em estado de graça perante os turistas e a imprensa internacional. Bem, perante a imprensa nacional também, como percebemos pela reportagem que a revista de bordo da TAP – a UP – nos dedica este mês. Apanhando boleia com a atriz Melânia Gomes e o barítono Mário Redondo, a UP desceu ao sul do país para passar uns dias na companhia da oferta alternativa da região. Como os pratos da cozinha serrana, o farol de São Vicente, as caminhadas pelas falésias do planalto vicentino, os passeios de burro ou a observação de aves na Lagoa dos Salgados. O diário de bordo da aventura está aqui, cheio de contacto “profundo com a natureza e com outros ritmos de vida” num Algarve que também sabe ser sereno.

quarta-feira, 9 de setembro de 2015

Perguntar não ofende! # 44

 Onde é que posso fazer fogo? Sim, fogo, uma fogueira.






Ilustração de Alexandre Cunha (ac-cunha@hotmail.com )


[Pergunta formulada no posto de turismo da Praia da Rocha]

segunda-feira, 7 de setembro de 2015

Perguntar não ofende! # 43

Pode indicar-me os horários dos barcos de Tavira para Cádis?










Ilustração de Alexandre Cunha (ac-cunha@hotmail.com )


[Pergunta formulada no posto de turismo de Tavira]

terça-feira, 1 de setembro de 2015

Perguntar não ofende! # 42

Olhe lá, onde é que mora aqui o Chico Pardal?




Ilustração de Alexandre Cunha (ac-cunha@hotmail.com )


[Pergunta formulada no posto de turismo de Faro por visitante que dizia que toda a gente conhecia o Chico Pardal, logo, ali também tinham que conhecer]

sexta-feira, 28 de agosto de 2015

Dieta Mediterrânica: a celebração de um estilo de vida milenar!






Um forte apelo à saúde e ao bem-estar, à celebração e à partilha estão inscritos nos princípios da dieta mediterrânica de que o Algarve é um bom anfitrião. Isso mesmo poderemos confirmar durante quatro dias em Tavira, no decorrer da terceira edição da Feira da Dieta Mediterrânica, de 3 a 6 de Setembro.  O certame irá invadir as principais artérias do centro histórico, as margens do rio Gilão e ruas adjacentes na cidade.

Nesta terceira edição haverá mais expositores, mais um dia de evento, mais animação do que nos anos transatos, mais espaços dedicados a públicos diferenciados, como é o caso do Largo do Brincar, e mais espaços da cidade incluídos no certame. Para ficar a conhecer melhor o programa do evento clique aqui.  http://bit.ly/1Kn89XA

São de ressaltar as preocupações educativas e pedagógicas dos organizadores, entre os quais o principal, a autarquia tavirense, e dos parceiros, onde se inclui a Região de Turismo do Algarve (RTA), também presente em espaço próprio no evento.

É todo um estilo de vida que se comemora e celebra e não apenas aquilo que o nome dieta, à partida, poderia sugerir: gastronomia, receituário e convívio à mesa.

Este, claro, merece lugar de destaque na Praça da Convivialidade onde estarão presentes quatro restaurantes ou em todo o esforço de interação em rede de outros 25 que se associam quer no Litoral, quer na Serra e no Barrocal. Haverá inclusive, no âmbito do Festival SlowMed incluído nesta Feira, concursos internacionais e demonstrações gastronómicas de dietas mediterrânicas de cada um dos países envolvidos (Itália, Egipto, Espanha, Líbano, Palestina e Portugal) e de fusão (http://bit.ly/1K8AkuR), seminários, exposições e debates em torno dos comeres.

Mas essa é, apenas, uma pequena parte já que se pretende promover  também a educação ambiental ligada às produções tradicionais que visam a transmissão do valioso património botânico e paisagístico às gerações vindouras, realizando, por exemplo, visitas guiadas ao Jardim Mediterrânico (Jardim do Castelo), oficinas de construção de canteiros verticais de aromáticas, oficinas de jardinagem e até um mercado de produtores.

A mesma herança milenar está presente no património etnográfico e musical do qual haverá várias demonstrações em arruadas, concertos, bailes e oficinas temáticas de dança.
O desporto, a saúde e a nutrição são, por definição, também parte integrante da dieta mediterrânica e assim haverá lugar a passeios de BTT, avaliações e aconselhamentos nutricionais, palestras sobre temas de saúde e de sensibilização alimentar sobre o tema em causa, bem como atividades e jogos interativos.

Portugal viu inscrita a dieta mediterrânica como património cultural imaterial da Humanidade em finais de 2013 e tem Tavira como cidade representativa e a III Feira da Dieta Mediterrânica «constitui uma importante realização anual inserida no Plano de Salvaguarda aprovado, o qual envolve 7 Estados incluindo Portugal», explica a entidade organizadora.

quinta-feira, 27 de agosto de 2015

Perguntar não ofende! # 41

A que horas saem os barcos de pesca? É que quero ir num deles.




Ilustração de Alexandre Cunha (ac-cunha@hotmail.com )


[Pergunta formulada no posto de turismo de Olhão]

quarta-feira, 26 de agosto de 2015

Belezas do mar

Créditos: Hélio Ramos


As traineiras, lanchas, enviadas, barcas e canoas tradicionalmente utilizadas na pesca, e para a esta dar apoio são uma imagem de marca do nosso Algarve. São bonitas, alegres e vistosas, cheias de cor com azuis fortes, verdes abertos e amarelos e vermelhos reluzentes, discretamente ornamentadas com estrelinhas, ramos de flores, motivos geométricos e sobretudo nomes muito singulares. Não raras vezes nomes femininos que se creem ser os das mulheres ou filhas dos pescadores, outras vezes nomes de santos a testemunhar a fé religiosa dos homens do mar e ainda identidades únicas que remetem para a esperança e para a bonança afastando más marés.

A faina piscatória já não é tão intensa no Atlântico, mas ainda hoje é possível avistá-las ao largo de alguns portos, atracadas embelezando as águas temperadas do Algarve e deslumbrando os que nos visitam, por exemplo lado a lado com banhistas nas praias do Carvoeiro e Benagil.

Deem um salto até estas praias de Lagoa e apreciem as nossas bonitas embarcações ou fiquem atentos aos portos de pesca. Hoje algumas delas foram convertidas em barcos de recreio para passeios turísticos. Aproveitem e vejam como são belas e fotogénicas. 

terça-feira, 25 de agosto de 2015

Perguntar não ofende! # 40

Aviso prévio: este post apresenta-se com bolinha vermelha no canto superior direito…
Pode dizer-me onde fica o restaurante “Olho do Cu”?




Ilustração de Alexandre Cunha (ac-cunha@hotmail.com )


[Pergunta formulada no posto de turismo de Lagos, por turista com ar bastante distinto, fazendo a funcionária do posto pensar que a visitante só podia estar a gozar ou então ter sido, ela própria, alvo de alguma brincadeira de mau gosto. Não existindo restaurante com semelhante nome, existia, no entanto, outro que a colega conhecia e que indicou. Esse chamava-se “Filho da Mãe”]

segunda-feira, 24 de agosto de 2015

À moda do Algarve

Que o Algarve é um destino turístico na moda, disso ninguém tem dúvidas. Que o Algarve está a ditar a moda é o que lhe revelamos hoje. Revelamos e sugerimos uma nova peça de vestuário para o seu guarda-roupa: o bioco.

Foto daqui

O bioco era uma espécie de capote, com capuz, que cobria as algarvias da cabeça aos pés, escondendo-lhes até o rosto, e que foi muito usado até ser proibido em 1892 pelo governador civil de Faro. 

Ora, é essa peça, envolta em misticismo, que está hoje em dia a ser recriada e reinventada com novos tecidos, novas cores e novos padrões através da marca “Bioco Tradition” que pretende trazer para o presente produtos do passado, promovendo a identidade cultural da região e fazendo reviver emoções.

Foto daqui


Numa altura em que já se começa a pensar na renovação do guarda-roupa para a próxima estação, talvez nos possamos inspirar aqui e encomendar um dos bonitos modelos de capa propostos.

sexta-feira, 21 de agosto de 2015

Perguntar não ofende! # 39

Onde posso encontrar salsichas preparadas à moda da África do Sul?



Ilustração de Alexandre Cunha (ac-cunha@hotmail.com )


[Pergunta formulada no posto de turismo de Quarteira]

quinta-feira, 20 de agosto de 2015

O Algarve na boca de "nuestros hermanos"


Créditos fotográficos: Tusdestinos.net




Não sabem como confecionar uma cataplana de peixe e marisco? Não sabem que atividades escolher durante umas férias no Algarve? Ou o que visitar? Relaxem, nuestros hermanos têm as respostas. Eles têm passado por cá em verdadeiras odisseias de descoberta da região, as quais foram originando incontáveis artigos em blogues e até vídeos, aqui listados para que tenham acesso de forma muito simples e rápida a cada um deles. Com a morosidade que um passeio (ainda que virtual) exige, transitem de uma ligação para outra e tirem bom partido das dicas dos jornalistas espanhóis. ¡Pues que son fenomenales! 

quarta-feira, 19 de agosto de 2015

Perguntar não ofende! # 38

Olhe, diga-me, qual é mesmo o pormenor disto aqui?




Ilustração de Alexandre Cunha (ac-cunha@hotmail.com )


[Pergunta formulada no posto de turismo de Loulé por um senhor que não tinha percebido que serviço ali se prestava, chegando a pensar, segundo disse, que talvez fosse uma farmácia]

terça-feira, 18 de agosto de 2015

A outra "costa" do Algarve


O que é que o Algarve tem além de uma costa com quase 200 quilómetros de extensão? Um interior com outros tantos quilómetros, 300 ao certo, ligados numa grande rota pedestre para passeios entre pomares de sequeiro, castelos, papa-figos, ribeiras, fornos comunitários, lebres, moinhos de vento, sobreirais, medronhais, melros-azuis e incontáveis curiosidades históricas e paisagísticas. Essa rota que mencionámos linhas acima tem um nome - Via Algarviana - e encheu o olho à equipa da SIC, que a cruzou en passant para poder mostrá-la aos veraneantes que estão por esta altura no Algarve. Diz-se que Roma e Pavia não se fizeram num dia, nem tão-pouco esta via. Acreditem, precisarão de muito mais que 24 horas para a percorrer, já que ela passa por 11 concelhos algarvios, de Alcoutim a Vila do Bispo. Antes de se fazerem à estrada a pé, em BTT ou com burrinhos de carga, vejam a peça da SIC. Desconfiamos que irá aumentar-vos a vontade de seguirem esta pista…


video

segunda-feira, 17 de agosto de 2015

Perguntar não ofende! # 37

Quanto tempo demora a areia a secar?




Ilustração de Alexandre Cunha (ac-cunha@hotmail.com )


[Pergunta formulada no posto de turismo de Monte Gordo, depois de uma manhã de chuva, em agosto]

sexta-feira, 14 de agosto de 2015

Comer, beber, dançar (e dormir)


As férias não combinam apenas com sol e praia, embora estas sejam verdadeiramente imperdíveis no Algarve. Aqui, em cada verão há novas propostas para experimentar e desta vez as sugestões eleitas são para comer, beber e dançar até cair para o lado – dormir, entenda-se!



Comer… Na praia do Ancão, em plena ria Formosa, o velhinho Restaurante 2 Passos deu lugar a um novo espaço construído em madeira com novos terraços e amplas janelas rasgadas com vista para o mar, onde apetece peixe e marisco do dia ou um petisco algarvio.




Beber… Ali ao lado, na Quinta do Lago, a deslumbrante vista oferecida pelo Sereno, o bar da piscina infinita do Conrad Algarve, é a melhor companhia para usufruir de um cocktail num cenário tranquilo. A piscina panorâmica é aquecida e as espreguiçadeiras convidam ao lazer.




Dançar… Bang, bang! Esta noite todos os caminhos levam a Vilamoura para um concerto memorável de David Guetta, considerado o melhor DJ do mundo na atualidade e cujos espetáculos arrastam multidões. Uma noite para dançar até cair para o lado…





…E dormir embalado pelo som das ondas, mesmo em cima da praia, por sinal uma das melhores Algarve, num quarto art déco, ao estilo de Miami, e num hotel acabadinho de abrir: o Pestana Alvor South Beach, na primeira linha da praia de Alvor.

quinta-feira, 13 de agosto de 2015

Perguntar não ofende! # 36

Em que altura do ano é que as aves mudam as penas?



Ilustração de Alexandre Cunha (ac-cunha@hotmail.com )


[Pergunta formulada no posto de turismo de Silves]

quarta-feira, 12 de agosto de 2015

Atenção: este post é só para quem gosta de cozinhar


Créditos fotográficos: Supermercados Apolónia, Panito Mole, Sardinha Fresh Souvenirs, Fábrica do Queijo



















Há quem procure o Algarve para a doce ociosidade das férias à beira-mar, mas há também quem o faça escolhendo cozinhar na casa alugada os petiscos de que todos gostam. Se são uma dessas pessoas – repetimos, daquelas que nunca dispensam meter o dedo na culinária –, então temos um guia de compras na região para partilhar convosco, editado pela revista Evasões. Nele têm quase 30 sugestões de mercados, garrafeiras, padarias, mercearias e outras moradas para se aviarem de produtos únicos, frescos e saborosos com os quais poderão confecionar as vossas patuscadas. Prazeres de férias há muitos. Preparar a própria comida, mesmo estando de férias, é um deles, por mais estranho que possa parecer a muita gente. Como nós queremos ajudar a concretizar a vontade daqueles que anseiam por meter as mãos na massa, aqui fica a lista da Evasões. Boas compras (e ainda melhores comezainas)!

terça-feira, 11 de agosto de 2015

Perguntar não ofende! # 35

Tem informação sobre máquinas de lavar industriais?




Ilustração de Alexandre Cunha (ac-cunha@hotmail.com )



[Pergunta formulada no posto de turismo da Praia da Rocha]

segunda-feira, 10 de agosto de 2015

“Publituris Portugal Travel Awards”: já se vota para escolher os melhores do turismo

A Região de Turismo do Algarve está nomeada na categoria “Melhor Região de Turismo Nacional” nos prémios “Publituris Portugal Travel Awards 2015”, cuja votação decorre online até ao próximo dia 4 de setembro.


Estes prémios, promovidos pelo jornal Publituris, destinam-se a galardoar as melhores empresas, instituições, serviços e profissionais que se destacaram no setor do turismo no decorrer do último semestre de 2014 e do primeiro de 2015. Considerados como os “Óscares do Turismo” em Portugal, as distinções serão entregues no Algarve, no Pine Cliffs Resort, a 11 de setembro.

Foto retirada daqui

A Região de Turismo do Algarve celebrou 45 anos em março. Em 2014, o Algarve teve mais de 16 milhões de dormidas, mais de 6 milhões de passageiros movimentados no aeroporto de Faro e mais de 1 milhão de voltas de golfe. E a hotelaria algarvia «injetou» quase 700 milhões de euros na economia do país. 2015 foi o ano em que a Região de Turismo organizou a primeira edição de um grande evento de turismo de natureza – a Algarve Nature Week – e em que apresentou o novo Plano de Marketing Estratégico. A região foi a mais galardoada com a Bandeira Azul e a Qualidade de Ouro da Quercus, estando agora nomeada, pelo quinto ano consecutivo, para «Melhor Destino de Praia da Europa» nos World Travel Awards.


Por tudo isso, a Região de Turismo do Algarve conta também com o seu voto nestes “Publituris PortugalTravel Awards'15.”