sexta-feira, 28 de agosto de 2015

Dieta Mediterrânica: a celebração de um estilo de vida milenar!






Um forte apelo à saúde e ao bem-estar, à celebração e à partilha estão inscritos nos princípios da dieta mediterrânica de que o Algarve é um bom anfitrião. Isso mesmo poderemos confirmar durante quatro dias em Tavira, no decorrer da terceira edição da Feira da Dieta Mediterrânica, de 3 a 6 de Setembro.  O certame irá invadir as principais artérias do centro histórico, as margens do rio Gilão e ruas adjacentes na cidade.

Nesta terceira edição haverá mais expositores, mais um dia de evento, mais animação do que nos anos transatos, mais espaços dedicados a públicos diferenciados, como é o caso do Largo do Brincar, e mais espaços da cidade incluídos no certame. Para ficar a conhecer melhor o programa do evento clique aqui.  http://bit.ly/1Kn89XA

São de ressaltar as preocupações educativas e pedagógicas dos organizadores, entre os quais o principal, a autarquia tavirense, e dos parceiros, onde se inclui a Região de Turismo do Algarve (RTA), também presente em espaço próprio no evento.

É todo um estilo de vida que se comemora e celebra e não apenas aquilo que o nome dieta, à partida, poderia sugerir: gastronomia, receituário e convívio à mesa.

Este, claro, merece lugar de destaque na Praça da Convivialidade onde estarão presentes quatro restaurantes ou em todo o esforço de interação em rede de outros 25 que se associam quer no Litoral, quer na Serra e no Barrocal. Haverá inclusive, no âmbito do Festival SlowMed incluído nesta Feira, concursos internacionais e demonstrações gastronómicas de dietas mediterrânicas de cada um dos países envolvidos (Itália, Egipto, Espanha, Líbano, Palestina e Portugal) e de fusão (http://bit.ly/1K8AkuR), seminários, exposições e debates em torno dos comeres.

Mas essa é, apenas, uma pequena parte já que se pretende promover  também a educação ambiental ligada às produções tradicionais que visam a transmissão do valioso património botânico e paisagístico às gerações vindouras, realizando, por exemplo, visitas guiadas ao Jardim Mediterrânico (Jardim do Castelo), oficinas de construção de canteiros verticais de aromáticas, oficinas de jardinagem e até um mercado de produtores.

A mesma herança milenar está presente no património etnográfico e musical do qual haverá várias demonstrações em arruadas, concertos, bailes e oficinas temáticas de dança.
O desporto, a saúde e a nutrição são, por definição, também parte integrante da dieta mediterrânica e assim haverá lugar a passeios de BTT, avaliações e aconselhamentos nutricionais, palestras sobre temas de saúde e de sensibilização alimentar sobre o tema em causa, bem como atividades e jogos interativos.

Portugal viu inscrita a dieta mediterrânica como património cultural imaterial da Humanidade em finais de 2013 e tem Tavira como cidade representativa e a III Feira da Dieta Mediterrânica «constitui uma importante realização anual inserida no Plano de Salvaguarda aprovado, o qual envolve 7 Estados incluindo Portugal», explica a entidade organizadora.

Sem comentários:

Enviar um comentário