quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

Praticar wakeboard e wakeskate no Algarve

Quem gosta de desportos aquáticos e radicais tem ao seu dispor, no Algarve, em Lagos, uma nova estrutura para os praticar. Trata-se do Wake Salinas, um cable park que para além de ser único na região é também o único a sul do rio Douro e um dos três existentes em Portugal.

Foto: Wake Salinas

O wakeboard e o wakeskate são modalidades que se praticam no mar com recurso à tração por barcos como acontece com o ski aquático mas também é possível praticá-las, em parques próprios, com a ajuda de sistemas mecânicos com torres e cabos para puxar os intrépidos atletas.


O Wake Salinas, localizado junto ao Aeródromo de Lagos, é um desses parques que se encontra a funcionar com dois sistemas de duas torres e uma seleção cuidada de obstáculos, permitindo a prática tanto por avançados como por iniciados. Para quem nunca experimentou uma destas modalidades existem aulas de iniciação.

O parque, que está aberto todos os dias das 9h30 às 19h00, dispõe também de serviços de apoio, como bar e loja, e ainda uma área de esplanada para quem apenas quer ver as acrobacias dos atletas e relaxar ao ar livre.

Foto: Wake Salinas



quinta-feira, 21 de janeiro de 2016

Cinco doces algarvios irresistíveis

Há dias em que um doce faz maravilhas na nossa disposição e se há terra em que os doces são irresistíveis essa terra é o Algarve. Trazemos aqui cinco tentadores doces algarvios em que o figo e a amêndoa são ingredientes indispensáveis. Só explicamos como se fazem. Como se degustam, todos sabemos.

Doce fino


Coloridos e saborosos estes bolinhos de massapão são absolutamente icónicos na doçaria do Algarve. São fáceis de fazer e colocam à prova a nossa criatividade na modelação das suas formas que podem ser as mais diversas.

Junta-se amêndoa ralada e açúcar em proporções iguais e amassa-se com clara de ovo até obter uma pasta moldável. Deixa-se em repouso por algum tempo (pode ser de um dia para o outro) e finalmente moldam-se as figurinhas que desejamos utilizando corantes de pastelaria para colorir a gosto as nossas doces peças artísticas: cenouras, laranjas, melancias, figos…

Dom Rodrigo


Outro incontornável doce desta região é o famoso Dom Rodrigo. Apresenta-se como uma surpresa tentadora, embrulhado em papel de prata colorido.

Para o confecionar precisamos de fios de ovos e de ovos-moles aos quais também pode ser acrescentado um pouco de miolo de amêndoa ralada. Fazem-se pequenas bolas de fios de ovos com uma pequena cavidade em que se coloca uma porção equivalente a uma colher de sopa de ovos-moles. Prepara-se uma calda de açúcar em ponto de fio na qual, enquanto ferve, se colocam os Dom Rodrigo para que alourem, ficando levemente tostados. Retiram-se do lume, deixam-se arrefecer, polvilham-se com açúcar e canela e envolvem-se em papel prateado.

Morgadinho


Os morgadinhos, cobertos de açúcar glacé, também são bolos típicos da doçaria regional do Algarve.

Colocamos 250 g. de açúcar com um pouco de água ao lume  e quando ferve, quase em ponto pérola, pegamos em 250 g. de amêndoa pelada e moída e juntamos. Deixamos ferver um pouco mais e retiramos do lume. Adicionamos duas gemas de ovo mexendo muito bem e trabalhando a massa. Fazemos então pequenas bolas em que deixamos um buraco no meio para rechear com chila, ovos-moles e fios de ovos. Tapamos o buraco com mais massa e vão ao forno médio, a alourar em tabuleiro untado com manteiga e polvilhado com farinha. Retiram-se do forno e deixam-se arrefecer para, finalmente, cobrir com glacé real. Deixa-se secar e já está.

Queijo de figo


É um doce típico da primavera e consome-se tradicionalmente nos festejos do 1º de maio quando se sai para o campo em piqueniques. Isso não impede que se possa degustá-lo em qualquer altura do ano até porque se conserva durante muito tempo.

Precisamos de figos (250 g.) e amêndoas (250 g.) torrados e moídos separadamente. Precisamos também de levar ao lume um tacho com 1,5 dl de água, 250 g. de açúcar, 5 g. de canela, 1,5 g. de erva-doce, 25 g. de chocolate em pó e raspa de meio limão. Quando se formar ponto de estrada, juntamos a esta calda a amêndoa moída e mexemos sempre enquanto ferve por cinco minutos. Em seguida adicionamos o figo moído e procedemos de igual modo. Retiramos então a massa para uma tábua polvilhada com açúcar pilé e deixamos arrefecer. Depois de fria, moldamos os morgados.

Carriços


Os carriços são os suspiros algarvios. O que os distingue são as amêndoas laminadas e torradas que incorporam.

Três claras de ovo batidas em castelo com 250 g. de açúcar, a que se juntam as amêndoas laminadas, serão, com a ajuda de uma colher, distribuídas por forminhas de papel. Irão ao forno para cozer, por aproximadamente 20 minutos.


Mais simples não há. Mais doce, também não. 

quarta-feira, 20 de janeiro de 2016

Medalhas de Ouro e de Mérito em boas mãos




As Medalhas do Turismo do Algarve – umas de Ouro do Turismo e outras de Mérito Turístico – já se encontram na posse das 16 personalidades e entidades com desempenho relevante no setor do turismo algarvio nos últimos anos. Além das medalhas, foram entregues diplomas aos ex-presidentes da Região de Turismo do Algarve como forma de enaltecer o trabalho de cada um no comando do principal destino turístico do país. E assim caiu o pano sobre as comemorações dos 45 anos da RTA ao serviço da promoção e animação do Algarve…

Chef Henrique Leandro, Medalha de Mérito Turístico

Dieta Mediterrânica, Medalha de Mérito Turístico

Dom José Beach Hotel, Medalha de Mérito Turístico

Hotel Algarve Casino, Medalha de Mérito Turístico

Hotel Vasco da Gama, Medalha de Mérito Turístico

Luís Correia da Silva, Medalha de Mérito Turístico

Mário Valente, Medalha de Mérito Turístico

Penina Hotel & Golf Resort, Medalha de Mérito Turístico

Hotel Pestana Alvor Praia, Medalha de Mérito Turístico

Safe Communities Algarve, Medalha de Mérito Turístico

Vítor Neto, Medalha de Mérito Turístico

APAVT, Medalha de Ouro do Turismo 

Christopher Stilwell (a título póstumo), Medalha de Ouro do Turismo

Marina de Vilamoura, Medalha de Ouro do Turismo

Universidade do Algarve, Medalha de Ouro do Turismo

Vila Joya, Medalha de Ouro do Turismo

Ex-presidentes da RTA